13/02/2013

CINEMA


Re-editado
Como já todos se aperceberam trata-se do filme  MORTE EM VENEZA  realizado por LUCHINO VISCONTI e baseado na célebre obra, homónima de  THOMAS MANN.
Obrigado, muito especialmente ao Prof João Paulo de Oliveira (que me enviou a foto e a “ideia” e ainda àqueles que participaram :
maria,  Nina,  Janita,  São,  Teté,  Carlos Barbosa de Oliveira,  ematejoca  e Graça Sampaio.
Nota:  
Tive pena que não tivéssemos feito a troca de ideias sugeridas (1ª re-edição). 
Creio que teria sido muito interessante ! :))
Se estiverem interessados em ver o filme completo,  AQUI  está ele. 
(Em castelhano, mas se preferirem, podem activar as legendas em inglês em (CC) na base do vídeo)

1ª  re-edição


Notas para reflexão e opinião :

O que pensar de um amor platónico a partir duma  beleza corporal  (uma atração pelo belo) , por parte de um homem de meia idade, tendo como alvo um rapaz de 15 anos, ou até da mesma situação, no sexo oposto, de uma mulher por uma rapariga ? …

Será que entramos no campo do amor puro e simples, no da pedofilia ou no da homossexualidade, ou mesmo que da bissexualidade ?

Será que a “diferença” no conceito está no domínio do  “físico” (na acção) , ou está na mente ?
Curioso que, na religião católica, se fala em “pecados”, por “pensamentos”, “palavras” e “obras” !

Curioso também, que dos “criadores” da obra literária e do  filme constam situações do género, na sua vida privada !

Independentemente de já saberem de que obra e filme se trata, seria interessante darmos a nossa opinião sobre o assunto.

O que acham ? …


INICIAL :
.
De um grande escritor, de um enorme realizador, de um tema escaldante, entre outros, resulta este filme fantástico !
Um adolescente olhando o mar, um homem de meia idade que o ama, platónica e profundamente e que o observa,  a doença súbita em ambiente epidémico, constituem o ponto culminante e o viés mais "marcante" do filme, mas seria redutor considerar  "esta" sexualidade, como o único tema do filme !

Sabem de que filme se trata ?




Postado em colaboração com o Prof João Paulo, que me enviou a foto e a ideia.
.

38 comentários :

  1. Sei porque fiz batota, se a batota deu certo é um filme interessante.

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  2. maria
    Saber fazer "batota" já é meritório !
    ehehe

    Beijinho ! :))
    .

    ResponderEliminar
  3. Teria eu um aninho?:))

    Sem mais tempo
    beijocas
    (ainda tenho que arranjar um filme de fotos, que a nequinha fartou-se de fazer o pino!)
    E, tu, já fizeste o pino, amigão? :)

    ResponderEliminar
  4. Se calhar, terias ! rsrs
    A nequinha também participou ? ... rsrs

    Durante a vida estamos sempre a fazer o pino,... ou os pinos que forem precisos ! eheheh
    Por falar em pino, sabes que eu conseguia andar uns 50 metros pela rua fora a fazer o pino ? rsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  5. A nequinha participou a ver o filme.lol
    Anda, vá ver que está lá uma lenda sublime, que me deu muito trabalhinho a compor.:)

    50 metros?
    Pfff! Eu sempre andei muito mais com os pés no chão.:)))

    ResponderEliminar
  6. onde se lê "vá" deve ler-se "vai".
    E agora que já meti nojo, com esta faceta de adenda do Ministério da Educação, vou-me.:))

    ResponderEliminar
  7. Nina
    Já lá estive a ver e deixei opinião ! :)) ... muito interessante ! rsrs
    .

    ResponderEliminar
  8. Sei, sim senhor, Rui e Prof.João Paulo. (bela parceria):)

    Quem escreveu o livro e quem realizou o filme, que diga-se, muito a propósito para a época em questão.

    Ando um bocadito chocha, só espero que não venha por aí nenhuma gripe.:(

    Beijinhos e bom Carnaval.
    Sem máscaras nem gôndolas, mas é o que se pode arranjar.

    Janita :))





    ResponderEliminar
  9. Li o livro, mas não vi o filme.

    Na cidade - cenário já estive duas vezes.

    Bom Carnaval

    ResponderEliminar
  10. Janita
    Boa ! Rsrs .. Temas sempre atuais !
    Cuidado com a agua ! Avinha-te, abifa-te e abafa- te ! Eheh

    Beijinho !
    .

    ResponderEliminar
  11. São
    Livro e filme , ... Grandes obras !

    Carnaval a propósito ! rsrs

    Beijinho, São ! :))
    .

    ResponderEliminar
  12. Bom, encontrei um filme que se enquadra mais ou menos nas dicas, mas não sei porquê suponho que não é esse. É demasiado recente, de 2010, e não o vi. E não está associado a nenhum grande escritor... ;)

    Vou esperar por mais dicas!

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  13. Caro amigo Rui da Bica!
    A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse-me que a minha estimada colega de carteira, a aplicadíssima/aluna Nina, está morta de inveja e prometeu colocar pó de mico no assento da minha carteira, porque sou ajudante mor da aula de hoje!
    Folguedos a parte, estou jubiloso com a deferência em auxiliar tão valoroso Mestre que sempre deixa seus alunos atarantados com os enigmas em foco nas imperdíveis aulas da Escolinha do Professor Rui da Bica!
    Caloroso abraço! Saudações cinéfilas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  14. Cara confrade/aluna Teté!
    As valorosas confrades/alunas: Nina, Janita e São, deram pistas que podem solucionar o enigma!
    Li o livro e sempre que revejo esta imperdível película tenho outros viéses!
    Sou fã de carteirinha do saudoso cineasta europeu, que pertenceu a aristocracia e dirigiu esta e outras películas que deixaram marcas indeléveis na Fascinante Arte das Imagens em Movimento!
    O autor do livro e o cineasta aristocrata tinham as mesmas predileções...
    Caloroso abraço! Saudações platônicas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    PS - Ele nos brindou com uma outra película em 1974, que me identifico sobremaneira com o personagem do Professor...

    ResponderEliminar
  15. Caro amigo Rui da Bica!
    Tomo a liberdade de relatar um fato ocorrido comigo no ano de 1991, quando me restabelecia de uma fratura exposta na tíbia esquerda.
    Depois de retirar o gesso precisei, por alguns meses, de muleta para me locomover.
    Nesta época residia na cidade de Guarujá-SP e não tinha automóvel.
    No início da década de 90 a Cinemateca Brasileira ficava na Rua Fradique Coutinho, no bairro paulistano de Pinheiros.
    Li no periódico "Folha de São Paulo" que a película do enigma de hoje seria exibida somente naquela noite, com legenda no idioma de Cervantes.
    Esta seria uma oportunidade única para revê-la, mesmo sem legenda no nosso idioma, porque estava a muito tempo fora de circulação.
    Sem titubear embarquei num ônibus interurbano, metrô e ônibus urbano para vencer uma distância de aproximadamente 80 km, para rever esta imperdível película!
    Convém enfatizar que levei uma enérgica reprimenda da minha esposa, que considerou imprudente minha atitude de rever a película, tendo em vista minha mobilidade reduzida... Claro que fiz "ouvido de Mercador" para suas pertinentes recomendações e nem pisquei e me importei em revê-la com legendas no idioma da lambisgoia da Agrado!
    Que dia memorável!
    Na contemporaneidade posso revê-la incontáveis vezes confortavelmente instalado na minha dileta poltrona!
    Como sofria um cinéfilo desvalido quando encasquetava com uma película...
    Caloroso abraço! Saudações compositoras!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  16. Quanto mais matutava, mais tinha certeza que não podia ser o filme de 2010. Até que se deu um clique... et voilá!... suspeitei de que filme se tratava. Que nunca vi, pois na época ainda não tinha idade suficiente, que era um filme para adultos... :)

    "Peaado", disse a minha mãe sobre o filme. Acabei por nunca ver! Tenho algumas lacunas destas, especialmente com o cinema europeu... :D

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  17. Prof João Paulo
    Desta vez foi uma boa ajuda ! :)) … Ter um “adjunto” deste gabarito, não é para todos ! rsrs
    Essa de ir ver este filme após uma fratura exposta na perna e tendo que se deslocar 80 km, só mesmo de um cinéfilo inveterado ! eheheh
    Andou cheio de sorte por sua esposa não ter pedido o divórcio ! eheheh

    Abraço ! :)
    .

    ResponderEliminar
  18. Teté
    Exato. Não é esse de 2010 ! :)) … é dos anos 70 !

    No texto, posso ter induzido em erro, ou pelo menos, em dúvida !
    Até que ponto, um amor enorme, uma paixão platónica pelo "belo", por parte de um homem feito, até já de meia idade, por um rapaz na adolescência (15 anos), poderá não ter a ver com pedofilia ou com homossexualidade, pelo facto de nunca ter havido sexo ? …
    Seria um bom tema para uma bela troca de impressões ! :))
    Será que a “diferença” está no “físico” (na acção) , ou está na mente ? … curioso que na religião católica se fala em “pensamentos”, “palavras” e “obras” ! rsrs
    Por esses motivos, especialmente há 30 ou 40 anos, se poderia considerar, de facto, um tema muito pesado !
    Por acaso, a vida é curta e a morte, muitas vezes, encarrega-se de resolver os nossos “conflitos” internos ! …

    Beijoca Té ! :)
    .

    ResponderEliminar
  19. Caro amigo Rui da Bica!
    Enquanto os aplicados/alunos da Escolinha do Professor Rui da Bica estão entretidos em assistir a imperdível película do enigma, peço-lhe a fineza que venha cá no corredor, porque tenho que dizer-lhe algo ao pé do ouvido ou melhor dizendo como dizem ai no reino distante além-mar, ao pé da orelha...
    Como é do seu conhecimento juro pela alma imaculada do odioso Josef Mengele que tenho ojeriza a maledicências, mas não posso deixar de informá-lo o que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse-me depois que leu o comentário da confrade/aluna/aplicada Teté...
    Quer saber mesmo?!... Antes vamos assistir este impecável desfile de máscaras:

    http://www.youtube.com/watch?v=T8LQiaB1JsU

    ...que ficou estupefata ao descobrir que a Teté não está na idade outonal, porque a mexeriqueira mor tinha certeza que a Teté não foi barrada na portaria ao assistir a película "Klute"...
    Caloroso abraço! Saudações agradoianas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  20. Prof João Paulo
    rsrs… Sabe que já lá estive por duas vezes (mas fora do Carnaval) ? :)
    Esse fantástico desfile de máscaras só confirma o que eu tenho dito : Porque será que em Portugal querem “à força” imitar o Carnaval carioca, não tendo em conta que aí estão em pleno Verão, enquanto que aqui estamos no Inverno rigoroso ! São 35º C contra 5º C mais a chuva !!! :(( … porque não fazer este tipo de Carnaval ? rsrs
    Claro que a Agrado tem razão. A Teté ainda é uma “jovem” ! … agora se viu “O Passado Condena” (Klute) só ela o poderá dizer ! :)) … Sabe que por aqui, nessa altura, os filmes passavam alguns anos após as estreias mundiais ! :))

    Abraço! :)
    .

    ResponderEliminar
  21. Caro professor, eu lá seria capaz?lol

    ResponderEliminar
  22. Pelas dicas, creio que será um dos melhores filmes da minha vida. Uma morte naquela terra das Gôndolas, não é?
    Morte em Veneza, claro. Se acertei, foi partida de Carnaval :-)))
    Abraço

    ResponderEliminar
  23. Estimada confrade/colega de carteira aplicada/aluna Nina!
    Trancaficarei novamente a lambisgoia da Agrado na cabine nº 5 do vagão do Expresso do Oriente, sob meu comando, porque ela faz mexericos totalmente infundados... Na verdade quem morre de inveja de ti é ela...
    Da próxima vez que ela fizer um mexerico infundado a mandarei de volta para os domínios almodovianos... Creio que meu cineasta dileto, o Pedro Almódovar, ficou felicíssimo quando soube que ela estava como passageira permanente do vagão do Expresso do Oriente, sob meu comando... Ai de mim...
    Caloroso abraço! Saudações lamuriosas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Diadema-SP

    ResponderEliminar
  24. Uff!
    Confesso que já estava preocupada com tamanha aldrabice!
    Essa senhora tem a língua demasiado comprida, Professor!:(

    Saudações aliviadas
    Nina

    ResponderEliminar
  25. Não é só um dos melhores filmes da minha vida, como é também a NOVELA DA MINHA VIDA E O ESCRITOR DA MINHA VIDA.

    Ainda há muito pouco tempo, lemos no Círculo Literario essa obra-prima da literatura alemã, mas eu já a tinha lido antes, e até tinha escrito um trabalho sobre ela (quando digo ela, refiro-me à novela, pois não se trata de um romance, mas sim, de uma novela).

    ResponderEliminar
  26. Não sei de que filme se trata - logo verei. Mas o que interessa é a sua provocação sobre o tema. Só tenho a dizer que «o amor é o amor, e depois?» Além disso, a religião católica está cheia de buracos m relação ao Amor... e diz-se a religião do Amor...

    Beijos

    ResponderEliminar
  27. ematejoca
    Eu sei, Té ! rsrs … Lembrei-me disso e esperava a tua visita ! :))
    Sabia que a tua reacção iria ser essa mesmo e sabia que sabias ! rsrs
    Também ainda ontem estive a ver no YouTube uma conversa no Café Literário (brasileiro), sobre o assunto (livro e filme) !
    .

    ResponderEliminar
  28. Graça Sampaio
    rsrs… Gostava desse debate sobre o assunto ! Não tentei dar a minha opinião, mas apenas deixar assunto para discussão. É muito difícil avaliarmos onde acaba uma coisa e começa outra ! Um amor intenso de um homem de 50 anos por um adolescente de 15, sem nunca se falarem ou tocarem ! … até onde vai o amor até chegar à sexualidade ?... e que tipo de sexualidade ?... pedófila ou homo ?...
    Seria um debate muitíssimo interessante ! …

    Beijinho.
    .

    ResponderEliminar
  29. E não é que acertei mesmo?
    Debater filmes por escrito é um bocado complicado. Principalmente para pessoas como eu, com pouco poder de síntese.
    Abraço

    ResponderEliminar
  30. Carlos Barbosa de Oliveira
    eheheh ... Boa ! Carlos .
    Na altura não pude dizer que tinha acertado para não dar por terminado o "enigma". Foi demasiado "explícito" ! rsrsrs ...
    "Nestas coisas" convém dar uma resposta com "dicas" ! ehehe

    Abraço ! :))
    .

    ResponderEliminar
  31. Oi meu amigo Rui
    Por absoluta falta de tempo deixo de participar das coisas boas que trazes aqui,
    Vi um filme de Veneza mas penso que não foi este , vou ver e depois te falo ok?
    Passando só pra te abraçar e desejar um ano completo ,agora que os feriados acabaram ( por enquanto) rs
    meu carinho

    ResponderEliminar
  32. Escolheste um mau dia para reflexão sobre assuntos sérios, é o que é... ;)

    Se bem que sem ver o filme, fica difícil palpitar o que quer que seja! Obrigada pelo link, verei quando tiver um tempinho... :)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  33. Lis
    Deves ter visto “ O Turista” com a Angelina Jolie e o Johnny Depp, que se passa quase todo em Veneza e é muito recente ! :)
    Então as férias de Verão já acabaram por ai ?! :)))

    Beijinho, Lis ! :))
    .

    ResponderEliminar
  34. Teté
    Tens razão ! A altura não foi a melhor para esse debate de ideias, muito sério, mas sempre atual, independentemente do filme !

    Vi-o agora de novo (já não me lembrava) … Vale a pena !

    Beijocas ! :))
    .

    ResponderEliminar
  35. cantinhodacasa13/2/13 23:13

    Eu já vi este filme...há muito anos.


    Beijinho

    ResponderEliminar