18/11/2012

HOJE HÁ FILHOSES E VINHO DO PORTO

.
... E há também um tema de importância muito relevante :

"PORQUE É QUE O GATO VAI, OU FOI, ÀS FILHOSES" ?

Atormenta-me esta minha ignorância ! ... rsrsrsr

Eu sei, já tem sido muito discutido, " PORQUE É QUE A GALINHA ATRAVESSOU A ESTRADA ? ", mas gostaria de saber, ... de ouvir as vossa opiniões, sobre esta intrigante e "importantíssima" questão ! :)))

Afinal, ... "Porque é que o gato vai, ou foi,  às filhoses"  ??? ... :)))




Por favor ajudem-me ! eheh
Eu acho que o tema é muito premente e exige um sério debate, tipo "prós e contras" !

Afinal, será que o gato é vítima ou vilão ? ...

Vá lá,... sirvam-se à vontade ! O Vinho do Porto está na mesa aí ao lado direito ! :))
... então que lhes saiba bem, mas se vieram de carro não abusem !

.


41 comentários :

  1. Não conheço a origem dessa expressão... mas que as filhoses são um tentação... lá isso são :)

    ResponderEliminar
  2. Luisa
    Pois são ! Mas isso não lhes dá o direito de roubar ! Durante anos continuo a não entender esses bichos ! Isso de irem às filhoses ainda por cima numa altura em que se aproxima o Natal é que não acho graça nenhuma. Então,… e nós ?
    :(((
    .

    ResponderEliminar
  3. Opinião
    O facto de os gatos irem às filhoses é um tema cada vez mais na ordem do dia das sociedades actuais. Um flagelo, uma catástrofe, uma realidade que terá que ser erradicada, até porque a própria Troyca não verá com bons olhos essa situação ! :((
    .

    ResponderEliminar
  4. E esta hein!?!?!

    Por causa de um dito que não lhe conheço a origem o amigo Rui da Bica fala da própria Troika coisa que ele não gosta de comentar nem ao de leve.

    Já vi que o cheiro da canela e do Vinho do Porto não tenta e descontrola só os gatos...

    Volto mais tarde para ver o que dizem os estudiosos de ditos populares.

    PS - As filhoses estão no ponto

    ResponderEliminar
  5. Tite
    eheheh Nem sempre, nem nunca ! eheh... Olha que o "debate" é muito sério e temos que chegar a conclusões ! :)))
    As filhoses estão excelentes, pelo menos de aspecto ! :))
    Relato já a opinião de um psicólogo sobre o assunto !
    .

    ResponderEliminar
  6. Psicólogo
    Tenho aqui comigo desde os fins da tarde, um especialista para debater a "psicologia dos felinos", para a qual, o facto de o gato ser instintivamente um animal vadio, esse é o principal problema !
    Disse-me ele que " o Governo tem de tomar medidas duras.
    Não estamos em condições de continuar a suportar a impunidade daqueles animais.”
    Por outro lado e ainda de acordo com o psicólogo, os gatos estão fartos de serem uma alternativa : “quem não tem cão caça com gato”, “Vender gato por lebre” , por ex. e exigem mais protagonismo e respeito ! Estão fartos de serem culpabilizados para tudo !
    Acontece qualquer coisa duvidosa e ouve-se logo : “aqui há gato” ! Escreve-se um texto onde há coisas erradas e lá se houve : “está cheio de gatos” !

    Por estas e outras eles pretendem protagonismo e exigem igualdade de direitos !

    ...E esta ? ...
    .
    .

    ResponderEliminar
  7. Olha Rui, sabes o que eu te digo?

    Não há-de ser por aí que o gato vai às filhoses! eheh

    Vamos lá fazer uma mesa redonda e entre palpites, sugestões e copinhos de Porto, entremeados com uma dessas apetitosas filhós, a alguma conclusão haveremos de chegar.:)))

    Se ficar para amanhã, melhor ainda!
    Agora serve-me lá mais um cálice, pois sempre ouvi dizer que quanto mais o vinho desce, mais sobem as palavras e quiçá as ideias.

    Atão os gatos lambareiros como são não haviam de querer ir às filhoses?
    Mais logo apareço! Espero que o gato não tenha levado as filhoses todas. Atira com o pau ao gato, mas é!
    Estou farta de me rir com esta tua ideia peregrina...:))))



    ResponderEliminar
  8. Oh, deuses ! Há bocado foi a nossa querida Nina , agora é o Rui...

    No meio disto tudo onde fica o meu regime?!

    Um bom serão, rrrssss

    ResponderEliminar
  9. Janita
    Já te serviste ? … Põe-te à vontade ! … Faz de conta que estás em tua casa ! :))
    O problema é esse “ É que se me distraio lá se vão as filhoses e vocês ficam a ver navios ! Ainda bem que não bebem do Porto ! eheh
    Também acho que o gato tem direito às filhoses “como indemnização” depois, de ter sido “escaldado”, “levado com um pau” e “difamado na questão de possuir mais do que uma vida”. Dizem que 7 ! … Grande treta ! :(
    São anos a gravar essas coisas na cabeça das crianças, que depois passam aos seus filhos quando já são adultas e assim sucessivamente.

    Ceder umas filhoses ao gato era o mínimo, depois de ainda por cima os terem tomado por lebres ou não lhes terem dado acesso igualitário ao ramo da caça, em que só têm emprego quando não há cão...
    .

    ResponderEliminar
  10. São
    Olá São. Seja bem-vinda e sinta-se em casa ! Sirva-se à vontade (enquanto não vem o gato) ! ))
    Não ! Aqui não há alheiras de Mirandela ! :)…Já estamos na sobremesa ! :)))
    Olhe que entre os doces, as filhoses (170 calorias) são preferíveis às rabanadas (400 calorias) ! … portanto esqueça os regimes ! eheh
    É pena ter que ir tão cedo embora ! :(( … Fique mais um bocadinho ! :)
    .

    ResponderEliminar
  11. Estes fritos não são as filhoses da minha zona! :-))
    Quanto à pergunta...je ne sais pas! :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
  12. Esse prato de filhoses está tentador...e gulosa como eu sou...
    Tenho uma gata siamesa , só vive em casa , para o quintal só no verão e acompanhada como se fosse um cão.Não arrisco que saia pelo portão e seja atropelada.
    Agora o Rui esqueceu outro ditado popular envolvendo gatos..." aquilo é um saco cheio de gatos"....
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  13. Esqueci-me de dizer que a gata não vai às filhoses...vou lá eu e desculpo-me com a gata ...M.A.A.

    ResponderEliminar
  14. Cá em casa, para o gato ir às filhoses, teria que ser muito rápido porque eu tentaria chegar lá antes dele....:)))
    Estou muito curiosa para saber a origem desta frase.
    xx

    ResponderEliminar
  15. Na tua imagem, Rui, não estão as FILHOSES PORTUGUESAS.

    Foi engano, ou são filhoses chinesas?

    Não sei a origem desta expressão, sei sim, que esta pergunta é pura e simplesmente uma metáfora.

    ResponderEliminar
  16. Rosa dos Ventos
    Estes são da net, Rosa ! :)) … mas lembro-me que os que a minha mãe fazia eram mais ou menos assim. Com uma pá de argolas com pé longo, molhava-se na massa líquida e depositava-se na sertã !
    Serve-te à vontade e não esqueças o Porto ! :))

    Quanto à questão eu aponto algumas razões :
    Porque lhes apetece ?
    Estão fartos de carapaus ?
    Porque preferem as filhoses ao peixe ? ... eheheh
    .

    ResponderEliminar
  17. As que a minha mãe fazia também eram do género das recortadas da foto, embora a sogra da minha irmã faça umas mais amaçarocadas, que têm um formato mais do género sonho grande, mas não tão redondo. Prefiro estas, que são mais estaladiças e leves... :)

    Quanto à pergunta, deve ser qualquer coisa do género: ora já que tenho a fama, toca a ter proveito! :D

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  18. M.A.A.
    Força ! … É menos calórico que as rabanadas ! :)) Sirva-se ! :))
    Há outras :
    “À noite todos os gatos são pardos”
    “Bonitas palavras não engordam gatos”
    “Casa que não tem gato, tem rato”
    “Dar-se como cão e gato”
    “De casa de gato, não sai farto o rato”
    “Gato escaldado de água fria tem medo”
    “Gato miador não é bom caçador”

    … etc., etc..

    Uma boa conclusão ! … Realmente nunca se disse essas coisas das gatas !
    Portanto e definitivamente, as gatas estão ilibadas ! eheheh
    .

    ResponderEliminar
  19. papoila
    Olha que eles são muito rápidos ! Um pequeno descuido e … já foram ! :))
    Não te esqueças do Vinho do Porto ! :))

    Será que é pela falta de ratos ?… Os ratos nem vê-los, como antigamente ! ;((
    Será para não engordarem tanto ? Se fossem às rabanadas seria bem mais calórico !eheh
    .

    ResponderEliminar
  20. ematejoca
    Não conheço as chinesas ! (?)
    Estas são parecidas com as da minha mãe ! Há muitos anos que não as como !
    Se as tiver em casa, sabe-se lá se o gato as comia ? eheheh

    Aqui o cão do vizinho apercebeu-se deste debate e aprontou-se a mandar-me uma mensagem :

    "Nós, cães, estamos cansados de ser ultrapassados pelo gato. Nós somos o melhor amigo do Homem. Mas na altura de darem um pontapé somos sempre o alvo. Alguém já viu o Homem bater no gato? Quando muito puxam-lhe o rabo ! Eu queria ver eles levarem uma biqueirada ! E mais,…quer dizer, os gatos vão às filhoses e nós não vamos a lado nenhum...
    Nem um autocarro para uma manifestação às portas da Assembleia da República nos disponibilizam". :((
    … Abaixo os gatos !!!

    :(( … e esta ? … será que têm razão ? eheh
    .

    ResponderEliminar
  21. Teté
    Ah !:)) Fico mais tranquilo ! É que não sabia onde a minha mãe as teria “inventado” ! :)) … mas já lá vão uns 20 anos, pelo menos ! :(( … eu adorava-as !

    Então ?... vai um copinho de Porto ? :))

    Com este índice de desemprego, eles (gatos) não têm outras soluções senão roubar ! :))
    Por outro lado, também não há emprego para gatos (há mais para cães de caça…) o que podem eles fazer ? … rsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  22. Todos
    Bom ! Conforme tinha avisado tenho "um compromisso" para depois das 11 e tenho que me ausentar !
    Se quiserem continuar por cá, basta bater a porta quando se retirarem ! :))))
    Então até amanhã e vão pensando ou deixando comentário sobre o assunto ! eheh
    .

    ResponderEliminar
  23. As filhoses estão a captar a minha total atenção. Não sobrou nem uma niquinha para o gato.
    Ah! Se eu estivesse agora duas filhoses!
    Abraço

    ResponderEliminar
  24. Rui, essa do gato e das filhoses não me sai da cabeça, de modos que antes de me retirar para cumprir o compromisso que tenho com a minha caminha, venho dizer-te o seguinte:
    Analisando bem as coisas sob a tua perspectiva e desse sr. psicólogo que tens aí em casa, o gato é realmente o animal mais injustiçado à face da terra!
    Afinal, ele é vítima de todo o tipo de discriminações!
    Já reparaste que até quando uma pessoa quer dizer que está fraquinha, diz que não pode com um gato plo rabo...ou será uma gata?eheheheh
    Até amanhã.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  25. Sugiro um link para os mais curiosos - http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/3975.pdf

    Aquele abraço e votos de boa semana!!

    ResponderEliminar
  26. Catarina
    Ó Catarina !... Por quem sois ?... eheheh Então ?! Basta passar cá por casa e servires-te e sempre podes acompanha-las com um “Vintage” fantástico ! eheh
    Já não estão tão estaladiças como ontem, mas estão na mesma apetitosas ! :)))

    Bjs
    .

    ResponderEliminar
  27. Janita
    Este teu comentário vem mesmo a propósito do comentário/reclamação do gato do 2º esqº que aqui veio dizer quase o mesmo, em resposta àquele comentário do cão (do meu vizinho) !

    “Então o homem não bate no gato?!
    Que dizem daquela velha canção infantil do “atirei o pau ao gato” ?
    Chega de descriminação ! O gato tem tanto direito a "ir às filhoses" como qualquer outro !
    Estaríamos bem melhor se os gatos mandassem. Não haveria tantos ratos a roerem-nos o futuro nem tantos buracos na economia !
    … e não é que o bichano tem razão ? eheheh
    …e acrescenta : “O Governo prometeu, prometeu e agora nada. Que iam fazer prisões para gatos; que nos iam criar salas de chuto, com filhoses à discrição; que iam instituir o aborto felino; que iriam criar uma Universidade só para os gatos, … e até agora nada, e temos de continuar a conviver com esta incompetência ! ".

    … (!!!) … com esta é que eu não contava, Janita !!!

    Beijinho! :)
    .

    ResponderEliminar
  28. Pedro Coimbra
    “Agora é que o gato foi às filhoses”, eheheh…com este comentário do Pedro Coimbra !!!
    (só poderia ser!)
    “Está tudo em pratos limpos!” :))

    Leiam o link deixado, especialmente os que são Professores de Português !!! … está lá tudinho muito bem explicado !
    “OS ESTERIÓTIPOS DA METÁFORA ANIMAL” (da Revista da Faculdade de Letras do Porto – Línguas e Literaturas )

    "Saber uma língua é ter consciência dos seus esteriótipos presentes em cada um dos seus segmentos, trate-se de simples palavras e suas derivações figurativas, de locuções ou expressões idiomáticas, de processos discursivos, estratégias de nomeação, denominação ou textualização.
    “O Gato como ponto de partida para categorizações / conceptualizações na língua portuguesa”
    “A metáfora tem um papel fundamental na instauração das fraseologias” .
    Obrigado, Pedro ! :)))

    Grande abraço ! :)
    .

    ResponderEliminar
  29. Todos
    Afinal, andamos todos a ser enganados! :((( ...
    Trata-se de uma grande mentira !:((
    Não é minimamente verdade que "os gatos (bichaninhos) foram às filhoses"!
    Quem as comeu fomos nós e outros "gatões gulosos" mais perto delas, mas para não mostrarmos a nossa gulodice temos que arranjar "bodes expiatórios" e vá de recorrer aos nossos "gatinhos" para disfarçar e "sacudir a água do capote" !

    ... e, isto cá para nós, (que ninguém nos ouve) como me palpitava, não creio que a Troyca esteja muito interessada em saber "quem foi às filhoses" !... e deixam agora o pobre coelhinho (ainda se fossem cenouras ...)a passar por "Gato" ... e por "lobo mau" ! ... não e justo !!! ... e nós a julgarmos que tinha sido o "pobre bichano" ! ... :(((
    .

    ResponderEliminar
  30. Rui
    Gostei da tua explicação acerca dos gatos terem sido ou ainda serem "bodes expiatórios". Pena que só agora tenha entrado aqui. Mas não importa. Li todos os comentários com ávida atenção e aprendi hoje umas coisas.
    Um grande abraço. ;)

    ResponderEliminar
  31. L.O.L.
    eheh ... Fiquei muito feliz por saber que gostaste ! :))

    Abração ! :))
    .

    ResponderEliminar
  32. Filhoses? O que são? Doce ou salgado? Por aqui penso que não tem...ou se tem é com outro nome. Se os gatos (ou gatunos?) vão nelas, devem ser boas rsrsrs
    Beijuuss

    ResponderEliminar
  33. "Gato lambareiro, tira a mão do açucareiro."
    :)
    Filhós de abóbora gosto muito e de cenoura mais ainda. Já acabaram?
    :)

    ResponderEliminar
  34. Regina Rozenbaum
    Olá Rê ! :))
    Trata-se de um doce típico de Natal ! :))

    Ingredientes:

    0,75 dl de leite
    1 colher (sobremesa) de manteiga
    1 colher (sopa) de açúcar em pó
    100 grs de farinha
    5 ovos
    sumo de ½ laranja

    Confecção:

    Bate bem os ovos e acrescenta-lhes o açúcar, adicionando depois, sem parar de bater, a manteiga amolecida, o leite e o sumo de laranja.
    Junta, aos poucos, o preparado anterior à farinha mexendo até obter uma massa homogénea.
    Deixa repousar durante 30 minutos.
    Entretanto, aquece o óleo e mergulha nele a forma das filhoses, previamente pousada na massa. Deixa fritar um pouco e vira as filhoses, para que fritem de ambos os lados.
    Quando fritas, escorre-as sobre papel absorvente, passando-as depois por açúcar e canela.
    Ficam com o aspecto que têm na foto.

    A forma é um "aparelho próprio" com o formato das filhoses, na base e com um cabo vertical com uns 30 cm., como poderás ver no Google , escrevendo "Forma de filhoses" e vendo as imagens.

    Talvez com esta explicação consigas saber a equivalência aí ! :))

    Beijinho, Rê ! :))
    .

    ResponderEliminar
  35. Rui Pascoal
    Essa é mais uma ! :))
    Nunca comi dessas ! Apenas as da receita que acabei de escrever acima ! rsrsr
    De abóbora (bolina ou abóbora menina) gostava muito dos bolinhos ! Não sei se será equivalente mas com outros nomes.
    Também com os filhoses acontece que as há de vários tipos ! rsrs

    Abraço !
    .

    ResponderEliminar
  36. A nossa língua é riquíssima em expressões como esta! Coitados dos tradutores que se vêem gregos para traduzir os nossos autores para outras línguas.

    Mas olhe que, mesmo não sendo nada apreciadora de filhoses (ou filhós, sem plural) dá para ver que a imagem não apresenta filhós mas tão-somente flores, que essas sim, são das minhas preferências.

    Seu guloso! Já a pensar nos fritos de Natal!...

    Beijinhos doces

    ResponderEliminar
  37. Todos
    Julgo terem reparado que este post pretendia ser um misto de non-sense, de humor e de política, tudo bem mexido e frito, com os ingredientes disponíveis cá em casa e com os que viessem de fora e polvilhados com uma boa dose de amizade e convívio virtual ! eheh

    Não sei se as filhoses ficaram a vosso gosto !? :)) … mas eu gostei e diverti-me q.b. ! rsrsrs

    Ah! … é verdade ! eheh … os filhoses que ainda ficaram, “o gato comeu –as”, como seria de esperar ! … ficou ainda bastante Vinho do Porto !

    Obrigado a todos que “aguentaram” a brincadeira ! :))

    Abreijos a todos !!!
    .

    ResponderEliminar
  38. Graça Sampaio
    Ainda a tempo … eheh … é uma grande verdade que ainda não percebi bem se se diz filhós, ou filhoses, se tem ou não acento no “O” e se é feminino ou masculino ! :(( eheheh
    Também acho que expressões como esta e como tantas outras que foram faladas nos comentários não serão nada passíveis de uma tradução fácil ! eheh
    Claro que, como disse no comentário anterior a verdadeira “motivação” do post não tinha muito a ver com o “doce” ! :))
    Outra nota : como tenho dito noutras ocasiões, quando coloco um post nunca sei muito bem como ele vai acabar e por isso mesmo, também digo muitas vezes, que o blog é tanto vosso como meu ! … rsrsrs

    Beijinho !
    .

    ResponderEliminar
  39. Carlos Barbosa de Oliveira
    As rabanadas são muito calóricas e dão muito nas vistas !
    É uma boa hipótese ! :)))

    Abraço ! :))
    .

    ResponderEliminar