05/04/2018

1 - DESERTO DO SAARA

TINHA EU DITO :

"Desafiei-me", desta vez, para umas "férias  em movimento", pelo asfalto e pelas areias !!! :))

Foram mais de 4.000 kms de carro ! ... em viagem, ... parar para ver e visitar, para comer e para dormir, avançando de novo. :)) ...

Vejam estas hiperligações abaixo e as fotos ! ... (Cliquem numa das fotos)

Um desafio "arriscado" (?) a que me propus. :) ... Ida até Marrocos e aí, sem nada marcado, com imensíssimas dificuldades da net, lá fomos dando a volta por todo este território .

Primeiro a parte Litoral Oeste, depois atravessando a enorme cordilheira dos Atlas com cerca da dimensão do território de Portugal, a que se seguiu o deserto do Saara e regresso pelo interior Leste até ao mediterrâneo.


CIDADES IMPERIAIS
CORDILHEIRA DOS ATLAS 
MARROCOS - DIVERSOS 

As Mesquitas
As Medinas
Os Casbahs
Os Oásis
Os Desfiladeiros e Gargantas

Neste post, um foco especial para o DESERTO do SAARA :




O PASSEIO DE CAMELOS NAS DUNAS - VER O PÔR DO SOL - VER O NASCER DO SOL -  A DORMIDA NAS TENDAS

  • Dunas de Erg Chebbi – Merzouga



O vento e as areias no ar são um enorme contratempo





Paragem para subir às dunas a pé (algumas bem altas) , para apreciar o pôr do sol.
Os camelos e quem não estiver em forma ficarão lá em baixo bem mais quentinhos.



A tentar abraçar o sol poente

O Pôr do Sol (Time lapse, mas muito longo)




No regresso, já noite (a anoitecer e esfriar rapidamente). 
Tem que se andar bem agasalhado. A amplitude térmica é notória.


Uma festa nocturna com fogueira, música e cantares marroquinos


O Nascer do Sol  (Time lapse, mas muito longo) 





As tendas para passar a noite 




.

41 comentários :

  1. Um passeio tipo aventura. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) ... Mesmo essa a intenção, Catarina. :)
      Sem programa estabelecido e ida à aventura !
      ... E ainda bem, porque se sente uma liberdade total para decidir dia a dia ! :)

      Eliminar
  2. Ahhhh.... então foste "visitar a tua tia a Marrocos"! :))

    4000 Km é dose... dava para ires até à fronteira da Alemanha e voltar.
    As fotos do deserto são espectaculares... e aquela da fila indiana com os camelos, fantástica!
    Diz à Lena que está linda e que parece uma gaiata à conquista do Sir Lawrence das Arábias! hehehe

    Um beijo enorme para os dois e obrigada por partilhares tão bons momentos!
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)))) Confesso que estava ansioso por vos mostrar ! eheh

      ... E para quem não saiba quem é a minha tia ela AQUI está ! :)

      É verdade. 4000 kms (mais), mas o transporte não causou a menor mossa ! :)
      Claro que tenho muitíssimas fotos mas não as poderei colocar aqui . Só as "possíveis" ! :)))

      A Lena está adorável (tenho que confessar com vaidade)!
      Vou-lhe transmitir a tua opinião !

      Também para ti, um beijo nosso e quanto à partilha é com enorme prazer . O que achamos bom para nós deverá ser partilhado com as pessoas que consideramos ! :)

      Eliminar
    2. Avisita à minha tia em Marrocos não saiu bem no meu comentário acima !

      AQUI está !!! :)

      Eliminar
  3. Fizeste com que revivesse momentos que já vivi.
    Uma viagem que é sem dúvida deslumbrante e aqui estão as fotos que comprovam isso.
    Obrigada pela partilha.

    Beijos Rui

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) ... É sempre bom reviver, Manu ! :)

      ... E a ti, pessoalmente muito grato, primeiro, por me teres despertado o interesse nesta visita e em segundo, pelas tuas boas dicas que me deste e que tornaram esta visita fantástica !
      A partilha é pois, uma obrigação ! :)

      Beijos, Manu

      Eliminar
  4. Ao ver estas fantásticas fotografias não pude deixar de pensar - entre outras coisas que o meu olhar arguto :)captou - que já não deve haver um cantinho na face do planeta que não esteja tomado pelo turismo, e ainda bem.
    O deserto do Saara, por onde já nem passa o Rally ex Paris Dakar, está aí, ao alcance de quem o quiser desfrutar.
    Ainda bem que não apanharam nenhuma tempestade de areia, mas tu, prevenido, cuidaste de te proteger.

    Fico aguardando novas fotografias, Rui. Pode ser que ainda me mostres algo que me cause mesmo inveja!! ;)

    Ah, a tua Lena está cada vez mais alegre e bonita.
    Caramba!... Isto de passear e conhecer mundo, até rejuvenesce!! ehehehe

    Beijinhos e obrigada pela partilha Rui, desses momentos tão gratificantes para vós.

    *_*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) ... E nós, sempre a pensarmos que já conhecemos tudo ! ... Há sempre um "mundo desconhecido" à nossa espera, até mesmo não muito longínquo !
      Certo que já conhecia o deserto na Tunísia, mas este superou-o, até pela passagem da noite !
      É incrível como é tão quente de dia e tão frio de noite !... E a areia sempre no ar, porque há sempre vento.

      Sairão outras fotos, certamente ! :)
      Ah ! ... A Lena,... até a mim faz inveja ! eheheh ... mas é só porque a trato bem ! :)
      Ainda bem que ela não viu o Lawrence, senão trocava-me ! ;))
      Como disse é um prazer partilhar. É como se regressasse aos locais e sensações.

      Beijinhos nossos.

      Eliminar
  5. Parece ser uma viagem muito interessante, mas dado o meu problema respiratório não sei se me submetia a isso.

    XO, https://diamonds-inthe-sky.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Daniela ! :)... Muito mesmo !
      Bastará usar de alguns cuidados, até com um turbante berbere, deixando os olhos de fora !
      O importante é não "comer" areia. :)

      Bjs :)

      Eliminar
  6. Passear através do deserto em cima de um camelo deve ser excitante
    .
    * Promessas de Amor em Versos Poéticos *
    .
    Cumprimentos poéticos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Simultaneamente excitante (pela experiência) e tranquila (pela pacatez dos camelos). :)
      A paisagem calmante por extensa .

      Abraço

      Eliminar
  7. Olá Rui!
    bom regresso :)
    estás transformado num autêntico príncipe das Arábias !
    e a Helena que bela gazela ou não fosse a evocação do poeta
    Al-Mu'tamid:

    Ali moravam guerreiros como leões e brancas gazelas.
    E em que belas selvas e em que belos covis!

    Quantas noites passei divertindo-me à sua sombra
    com mulheres de cadeiras opulentas e talhe fatigado,

    brancas e morenas, que produziam na minha alma
    o efeito das espadas refulgentes e das lanças obscuras!

    ....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "... e a Helena, que bela gazela ! ..."

      "Quantas noites passei, deliciosamente, com essa donzela ! O tempo passava e ela servia-me o vinho do seu olhar e outras vezes, o do seu vaso e outras ainda o da sua boca.
      As cordas do seu alaúde, estremeciam-me ! ..."

      Bela evocação de Silves, Beja, Sevilha, Tânger, ... no seu percurso ! :))

      E eu cá estou de volta com a dita gazela ! :)
      Uma bela evocação, Angela !

      Obrigado ! :)))

      Eliminar
  8. Vim num bocadinho espreitar, estou um bocado atrapalhada. Aquele greve dos comboios atrasou-me 24 horas e fez com que a festa que devia ser hoje dia 5 só se celebre amanhã.
    Adorei as fotos. A sua Lena está uma verdadeira princesa do deserto.
    Deve ser uma sensação fantástica, com toda aquela areia à volta. Fico aguardando as outras fotos.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :(... Pena atrasar a festa, Elvira. :( ... mas conta a intenção ! Se não for a 5, será a 6 !

      Concordo consigo !... Está mesmo, embora não vestida como princesa "clássica".
      Posso-lhe garantir que é extremamente agradável e de enorme relaxamento.
      Sairão mais fotos, sim ! :))

      Abraço

      Eliminar
  9. Prezado Amigo Rui Espírito Santo.
    Muito obrigado pela partilha desta memorável viagem nos domínios do Sheik de Agadir.
    A Pilequina Martini Seco disse que já fez parte do harém do Sheik, mas fugiu com um próspero proprietário de um numeroso cáfila, o Adbul Soued. Ela também disse que tu tentou encontrar a princesa Sherezade, mas a desmenti categoricamente, porque tu és consorte da Dona Lena.
    Folguedos à parte, com certeza voltaste revigorado!
    Caloroso abraço. Saudações marroquinas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheh... Não vi por lá, nem a Sherezade, nem o Lawrence, nem sequer uma simples bela moura encantada ! :)
      ... E lá,... cuidado com o espírito "hárem" para forasteiros, que isso é matéria muito sensível ! :)

      Revigorado e pronto para outra ! :) ... Só a blogosfera é que está a custar um bocado mais ! :)

      Abraço

      Eliminar
  10. Que bela viagem, Rui! Engraçado que duas colegas minhas foram a Marrocos e ao deserto na semana da Páscoa. Um delas até me trouxe de lá um pinta-amor. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenciono fazer vários posts sobre isto, Luisa.
      Este 1º, do deserto e outros se seguirão.
      Creio que poderão fazer jeito para quem lá queira ir ! :)

      Coincidência essa ! :)... Quem sabe, nos cruzamos ?... eheh

      Eliminar
  11. Olá, Rui!
    Impressionante o relato da vossa viagem. Isso é que foi flanar (aprendi o sentido desta palavra com o nosso amigo comum: Prof. Ms. João Paulo de Oliveira) em Marrocos. Muito bem descrito e comentado, não faltando textos de apoio, vídeos, etc.. As fotos: impressionantes (destaco a da Helena, junto aos camelos).
    Parabéns.
    Aquele abraço.
    Jaime Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos aprendendo uns com os outros, Jaime !
      ... E flanar, sabe sempre bem ! eheheh

      :) Foi o que se pôde arranjar. dará para ver as imagens ou aprofundar, se esse for o desejo.
      Dá para muita leitura, mas nem todos gostam e por isso fiquei-me pelas hiperligações e reduzido texto.
      A Lena está a ganhar 10 a zero, a mim e aos camelos ! eheheh
      Obrigado
      Abraço e um bom regresso, Jaime . :)

      Eliminar
    2. O texto de apoio ao hotel no deserto do Sara está muito bom e completo. Tem muito informação útil.
      Vocês estudaram bem o trajecto a percorrer. E os sites que escolheram são muito bons.
      Aquele abraço. E beijinhos para a Helena.
      Bom fim-de-semana.
      Agora vou ler o texto enviado pelo Ilustre Paulistano, Prof. Ms. João Paulo de Oliveira.

      Eliminar
    3. Fui vendo algumas coisas na semana anterior à partida, mas sem fazer qualquer tipo de marcação. Só um plano geral, que englobasse :
      Tânger (Medina)
      Asilah
      Rabat - Capital
      Casablanca (Mesquita)
      Marrakech (Medina)
      Grande Atlas (cordilheira-travessia)
      Quazarzate
      Tinghir – (Garganta, Oásis, Kasbah)
      Merzouga (Deserto)
      Fez - (Medina)
      Chefchouen
      Tétouan
      Ceuta
      ... e dia a dia ia-se vendo onde ficar e confirmava-se a dormida duas ou três horas antes.
      Vale que há na net muita informação sobre tudo isto !

      ... e lá está, Jaime, a vantagem do treino de pesquisa e Google Maps, a que nem sempre se dá a devida atenção !!!
      Claro que a grande dificuldade era nem sempre haver net disponível. :( ... mas lá fomos conseguindo sempre o que pretendíamos e sempre muito diversificado.:)

      Grande abraço e obrigado, Jaime.
      Beijos para a Luisa e um bom regresso.
      Na 6ª 13, lá estaremos nas "Bruxas" ! eheheh

      Eliminar
  12. Aplicado aluno Jaime.
    O modo como me comunico, através da linguagem escrita, não é o habitual entre meus patrícios, inclusive tenho alguns parceiros de ofício que dizem que sou muito pretensioso...
    Ocorre que amo a nossa amada e riquíssima Língua Portuguesa e, nesta condição, aprecio sobremaneira tirar do limbo palavras, como por exemplo, flâner originária do reino de Gustave Flaubert (1821-1880) ou então supimpa.
    Também quando me comunico com vossos patrícios tento escrever à lusitana, mas às vezes fico baralhado como se estivesse num balaio de gatos. A segunda pessoa do singular até que tiro de letra, mas a segunda pessoa do plural fico mais perdido que cusco na Procissão da Sexta-Feira da Paixão.
    Agora preciso fazer-te uma confidência ao pé do ouvido para que ninguém nos escute.
    Tu acreditas que a lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse que nosso estimado Mestre Rui ficou mais garboso e vigoroso ainda ou, como dizemos aqui, um pão, quando flanou com desenvoltura no deserto marroquino com a peças da indumentária local?
    Por Fofócate, o que fiz para merecer esta viperina?
    Max, traga meus sais centuplicado diluídos num xícara ou, como dizem no reino distante além-mar, chávena de chá de cidreira.
    Caloroso abraço. Saudações confidenciais.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imaginação, autenticidade e gozo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Professor não é pretensioso. É rigoroso na escrita (por vezes, eloquente e divertida), e adora (como ninguém) a nossa estimada e adorada Língua.
      Professor: ponha mão nessa mexeriqueira (LOL)!
      Aquele abraço. Saudações tripeiras.
      Jaime Martins



      Eliminar
    2. :))))))))))
      O brasileiro mais português que eu conheço ! eheheh
      Claro que deveria ter aquela mexeriqueira trancada na cabine 9 ! :)))

      Eliminar
  13. Já cheguei tarde. Mas apenas marco a presença :))

    Hoje:- "Caminhada, entre sentidos e rimas"
    -
    Bjos
    Votos de uma feliz Sexta-Feita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ??? ... A Larissa já chegou tarde para o quê ?... (??)

      Não há "timmings" para os comentários ! Eles estão e estarão em aberto, até porque não se trata de nenhum desafio para finalizar ou re-editar ! :)))

      Beijos e bom fim de semana.

      Eliminar
  14. Olá Amigo
    Não sei porquê tinha cá um palpite que o passeio mistério seria por paisagens desérticas. E não é que acertava?
    As paisagens são lindíssimas. As fotos estão uma beleza. Surpresa mesmo foi aquela "flor do deserto" que aparece na segunda foto. Como qualquer flor tem que ser bem cuidada e acarinhada para se conservar assim "fresquinha"por muito mais
    tempo.
    Beijinhos aos dois

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá JU ! :)) ... Eu creio que não seria difícil atendendo a que referi, asfalto e areias e que iria de carro a parar aqui e ali ! eheh

      Pena não poder colocar aqui umas 300 fotos ! :))
      Olha que aquela "flor do deserto", na realidade não é de lá. Eu já a levei daqui e claro que não tive coragem para a deixar por lá ! eheheh
      E acertaste na mouche ! Se está assim fresca e viçosa, isso só pode ser do tratamento dado durante sessenta anos ! :)))))

      Beijinhos nossos :)

      Eliminar
  15. Belo passeio, belíssimas fotografias! Já andei pelo deserto lá nas bandas da Tunísia, mas não dormi em tendas, o que seria uma experiência única, como tu viveste.
    A Lena parece uma miúda.Fantástica!
    Rui, nem imaginas o quanto admiro esse vosso espírito jovem, apaixonados pela vida.
    Viajar é encher o coração de conhecimento e mimos.
    Com carinho, um abraço para vós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já estou com saudades, Maria ! :)
      Também já tinha feito passeio com camelos na Tunísia e nas Canárias (por volta de 2 horas), mas este foi muito especial, precisamente pelo tempo lá passado, pôr e nascer do sol, jantar e peq. almoço, festa nocturna e dormida na tenda !... Uma experiência fantástica ( 18 horas ).

      Obrigado, querida amiga ! Enquanto nos for possível vamos usufruindo ! :)))

      Beijinhos e abraços nossos, também com carinho :)

      Eliminar
  16. Com estas belíssimas imagens, só pode ter sido uma experiência maravilhosa. Fico feliz por ti e pela Lena.

    Tenho uma sobrinha que foi com o marido a Marrocos nas férias da Páscoa, chegaram 3ª feira e deliraram com a experiência.

    Em 1982 era para ir mais o marido trabalhar para Marrocos, mas nunca tive força de vontade para tal.

    Beijinho para ti e para a Lena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi maravilhosa a "experiência", Adélia ! Obrigado.
      Curioso que já aqui foi referida uma situação idêntica. Quem sabe se nos cruzamos em qualquer lugar !?... :)

      Como referi, "experincia" boa,^no entanto, nada como Portugal para se viver bem embora muitos pensem o contrário ! A alimentação, lá, é bastante mais barata, mas não gostaria de lá viver. É óptimo para turista !!! :))

      Beijinhos nossos :)

      Eliminar
  17. Amigo Rui

    Com que então foste passear de camelo !!! :) Boas fotos. Espero que tenham sido umas boas mini-férias !!!
    Dedico-te esta música ! https://www.youtube.com/watch?v=xvLM_4cYzeo

    Grande Abraço Meu Amigo !!!



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahah... Palavra de honra que quando vi o link do youtube pensei no Areias ! :))... E era mesmo !... com duas bossas e muito pelo !
      Por acaso e estranhamente, nunca lhes chamamos "dromedário", mas sim "camelo" ! Eles não se devem zangar por isso ! eheheh ...
      Que bem me lembro dessa, Ricardo ! :)

      Foram realmente, como já muitas vezes referido, umas miniférias (em tempo, que não em kms) excelentes e muito enriquecedoras culturalmente !

      Grande Abraço, Ricardo :)

      Eliminar
  18. Respostas
    1. :)) ... Obrigado, Graça. :)

      Eliminar