07/10/2010

HOJE É DIA DE DIZER BEM

.
Centro de Investigação para o Desconhecido (link), da Fundação Champalimaud, dedicado ao cancro e às neurociências, foi ontem inaugurado em Lisboa.

Um investimento privado de 100 milhões de euros, que nos pode situar na vanguarda mundial da investigação biomédica, uma enorme fonte de esperança para milhões de pessoas em todo o mundo !

Guerra ao cancro

James Watson, Nobel da Medicina e presidente do conselho científico da Fundação, diz : "os portugueses não são loucos, são competentes, e podem liderar a Europa na cura do cancro".

Um complexo "destinado ao nível mais elevado da ciência mundial, com elevadíssimo número de médicos que acumulam a investigação com o tratamento clínico e concebido para estar ao serviço das pessoas, quer da saúde privada, quer dos serviços públicos médico-Sociais.

Está também a ser preparado em Coimbra um Centro de Investigação do mesmo nível, mas destinado a problemas da visão.

Aqui temos um belo exemplo do contributo privado para o bem público, o que mostra que a riqueza privada não é tão má para a sociedade como muitos possam pensar !
Um grande exemplo de como parte duma fortuna pessoal transformada em “Fundação”, poderá vir a beneficiar todos e cada um de nós.

Curioso que, nestas alturas o poder político não perde a oportunidade de estar presente, visando alguma visibilidade e possível má interpretação de eleitores distraídos.
.

3 comentários :

  1. Uma prova de que os muito ricos, por vezes, também sabem aplicar o seu dinheiro em boas causas.
    Que este Centro seja um farol de esperança não só para os doentes portugueses mas para os de todo o mundo.
    Ouvir dizer que não se avançou mais na cura do cancro por interesses económicos dói a quem já viu partir familiares muito próximos e amigos com esta terrível doença!

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Fatima
    Rosa dos Ventos

    Uma iniciativa fantástica !
    Num sistema democrático (não totalitário)é absolutamente natural a criação de riqueza desde que conseguida através do trabalho, da criatividade, e do investimento privado reprodutivo em termos de capital.
    Todos temos a ganhar com isso !
    Primeiro, pela criação de emprego, segundo pela aplicação da riqueza ao serviço do bem público.
    Esta é uma prova.
    Não se pode dispensar o investimento privado e este só é possível com capitais !
    .

    ResponderEliminar