09/09/2011

UMA TARDE DE DOMINGO (2ªparte)

.

"Poorto ! Pooorto ! Pooorto! Pooooorto! ..."
“Ó meu Pooorto da eterna mocidaaaade, mostra à gente o que é ser nobre e leaaal ! .... “


Era a Maria Amélia Canossa, nos altifalantes de todo o estádio com os portistas a cantarem também, quando os jogadores do Porto entram em campo !

Olha filho, aquele ali é o Hernâni! ... e aquele,... é o Oliveira.
Olha ! ...O Gomes, estás a ver? ! Ó pai! ... e o Eusébio?
Tremenda assobiadela, Huuu! Huuu! Huuu! Olha filho, o Eusébio é aquele que está a entrar no campo e a brincar com a bola na cabeça, vês ? É o melhor jogador português de sempre e um dos melhores do mundo !

Ó amigo, dê um jeitinho por favor, para o meu filho ver o jogo! Desculpe lá. Obrigadinho.
Ei! ... Que grande jogada! Que azar, ... a bola na trave!!!... e o Bento fora da baliza.

"Gatuuno !!! Gatuuno !!! T’ás c'os olhos tapados, ou t’as comprado F.. da P.. ! Vai p’ro C..."
Ei !... ó amigo, veja lá que está aqui uma criança!

Não havia dúvida nenhuma ! Olhei melhor e era o padre, que se esquece que é padre quando vê o Porto ! Sim, o da freguesia onde nasceu e morou o João Pinto. Não. Não era o dos “Rissoles” ou dos “Prognósticos só no fim do jogo”. Era o outro, o da Marisa Cruz do Euromilhões.

Bolas, filho, estes tipos do Porto hoje não estão a jogar nada! O Eusébio está a "dar baile" !... Olha... Olha... queres ver, ... grande chatice !!!...Golo do Benfica... Porra, que isto hoje não está a correr nada bem! A jogar assim vamos apanhar mais dois ou três ! O que nos vale é o intervalo estar a dois minutos!

"Ó anginho!...Remata, pá! Pareces uma menina a jogar! Se eu fosse p’raí fazia muito melhor que tu ! Rais parta o gaijo! É p’ra isso que te pagam ???..."
Não podia ser outra! Tinha que ser a Srª Miquelina, a peixeira da Ribeira. Esta mulher e o padre eram as figuras mais incríveis nestas tardes de futebol nas Antas! Não paravam de insultar o árbitro e os jogadores de um e do outro lado! Os outros, ou se lhes juntavam nos insultos, ou, já os conhecendo, se riam com a "enormidade" do espectáculo!

Parece que sempre vamos ter chuva e da forte ! E eu que pensava que o sol não fugia !
Poça ! Ó amigo, tenha lá cuidado com as varetas do guarda chuva. Ia-me cegando o miúdo!
Ó filho, que azar tivemos. Logo hoje que querias ver o jogo, temos um tempo destes. Ó amigo não está a ver que a água do seu guarda chuva está a cair toda no meu ombro ?...

Eh! pá! Isso não se faz!!! É miserável ! ... (Então, não é que o Gualter salta por cima do Eusébio, caído no chão e lhe dá um autêntico coice na cara ?)
"Oh!... Ai, Ai, ... Olha-me p’ra este... este gajo é mas é um “infiltrado” benfiquista !... Querem ver que ainda lhe damos uma carga de porrada!... "
Ó amigo, sou tão portista como você. Veja o meu cartão. Vê aí que até sou Sócio Atleta?
E o Eusébio continua no chão e o nosso homem da música, o trompetista, toca a marcha fúnebre, como sempre fazia em todos os jogos, quando um jogador adversário ficava caído no chão a contorcer-se e o jogo era interrompido.

Ó pai, tenho sede. Não pode ser agora, filho. Não podemos ir ao bar. Não vês que nem nos podemos mexer ?... Só falta um quarto de hora e vamos ter com a mãe!

Gooooolo !!! Gooooolo ! Estamos empatados ! Olha, filho. Milagre ! ... Não sei como é possível a jogarmos assim e estarmos empatados. Quem marcou, pai ? Foi o Gomes, mas ... isto cá para nós, podíamos estar a perder por dois ou três! Faltam só 5 minutos ! É incrível como estes tipos estão a jogar tão mal! Que miséria !...
Goooolo ! Gooooolo !... do Poooorto !... O árbitro vai apitar ! ... Acaabooou ! Ganhaaaaamos!!!

Ó amigo, o seu miúdo teve uma sorte do caraças ! Veio ver um grande jogo! Mas ca gaaanda jogo! Jogamos p’ra caraças ! Não temos Pai! ... Somos os melhores do mundo !!!
Ó pai ! Somos mesmo os melhores do mundo ?... Somos ?!... Isto é fiche. Vou contar à mãe e à Ritinha!
... Quando for grande também vou trazer o meu filho !!!


Naquele tempo ... os domingos eram sempre dias de festa ! :)))

.

16 comentários :

  1. E agora também são ...desde que estejamos com a família!
    Não é obrigatório que seja no futebol! :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Primeiro deixa-me aqui estar uns minutos em contemplação. Não muitos porque o sol já abriu e há que voltar a sair:)
    Que lindo que é o símbolo do glorioso! Jesus santíssimo!:))

    E agora, sim, vou ler-te...e já cá volto:)

    ResponderEliminar
  3. Estou com um sorriso de orelha a orelha.:)
    O meu glorioso, nesta altura, dava que falar e hoje, mesmo a glória tenha ficado esquecida no tempo, não há benfiquista que se preze que não continue a vibrar pelo clube, mesmo que os jogadores sejam coxos.lol

    Adiante. O que mais gostei foi a emoção que captei nas vossas palavras. Repito o que disse no post anterior, invejo esses momentos que não poderei proporcionar ao meu filho.:)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. P.S: mas proporcionar-lhe-ei outros.
    Hoje perdi-me na Invicta. Há anos que não fazia o trajecto desde a Foz do Sousa (bem perto de mim) até à Afurada. Deliciei-me.
    É claro que abri os olhos à procura de coisas giras onde levar o Gui. Há os barcos do Douro (demasiado longe, para levar um piolho traquinas) os rabelo (parece-me quase perfeito, mas ainda receio que caia ao rio.lol), o teleférico (UAU! Como é que eu não me lembrei que eles existiam por cá?) e o "autocarro do amor",nome que o piolho atribui a todos os autocarros de 2 pisos, sem cobertura no superior.
    E depois há o próprio cais de Gaia que é um sítio lindo para o deixar andar de bicicleta.
    Querendo sair de casa, não faltam sítios fantásticos por cá.
    Que saudades que eu tinha da velha Invicta!:)

    ResponderEliminar
  5. Infelizmente,aqui no Brasil, por causa das torcidas organizadas, esta cada dia mais dificil levar nossos filhos para assistir alguma partida de futebol.
    Ótima historia Rui!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Rosa dos Ventos
    Claro que a família é o mais importante, mas tem outro sabor , recordar e reviver os bons velhos tempos e imaginar o que iria na cabecinha dos miúdos e o que pensarão hoje desses tempos ! :))

    Bj
    .

    ResponderEliminar
  7. Nina
    Como vês não sou faccioso, mesmo sendo portista ! :))
    … e é verdade. Naquele tempo o Benfica era melhor que o Porto, o que não acontece hoje !
    Aquela marginal de Gaia está ótima, mas o teleférico tem preços só para turistas. É um disparate. Tens o ascensor dos Guindais que é equivalente, tens a visita ao Museu do Carro Eléctrico, tens o comer uma pizza junto à Ponte da Arrábida (do lado do rio) e soube ontem, uma Feira Medieval, até domingo, no Mosteiro de Leça do Balio.
    Um passeio de carro eléctrico com vários itinerários na cidade, para turistas.
    Para andar de bicicleta é melhor a marginal da Foz ou de Matosinhos, ou o Parque da cidade !

    Beijinho ao Gui !
    .

    ResponderEliminar
  8. Fatima
    Lembra-te que eu disse que isto era há 30 a 40 anos !
    Nesse aspecto das torcidas e dos “perigos” as coisas estão agora melhor. Cada pessoa tem o seu lugar fixo ao longo do ano, no sítio que escolher e não há qualquer perigo. O único “senão” é a hora dos jogos, normalmente à noite e deixou de ser a festa de família que era !
    Obrigado, Fá !

    Beijinho ! :)
    .

    ResponderEliminar
  9. Ó Rui, brincando a sério: Gostei do maravilhoso relato escrito. Tardes muito bem passadas, sim senhor! Agora, estive foi a consultar a ficha de jogo e creio haver marosca... há aqui bota que não bate com a perdigota...

    http://www.zerozero.pt/confronto_equipas.php?op=ver_confronto&equipa_1=9&equipa_2=4&id_comp=0&ond=&page=1

    (Pode ser que alguém se deslumbre com o azul do palmarés...)

    ;)

    ResponderEliminar
  10. cantinhodacasa9/9/11 17:24

    Gostei.
    Então o padre e a Snra. Miquelina... Mas dizer palçavrões faz parte do vocabulário...só que o modo de dizer é que pode ser pejorativo.
    Ganda Rui.


    Bj

    ResponderEliminar
  11. Excelentes sugestões!:)
    A ver se sigo algumas.
    Bom fim-de-semana.:)
    beijinhos aos 2

    ResponderEliminar
  12. oops!!!
    Obrigado ! :) Deu-me muito gozo a escrever ! hehe
    Ei pá os teus “arquivos” estão fantásticos ! … Superioridade a todos os níveis e então nestes últimos 25 anos é avassaladora ! Gostei das 2 últimas linhas da estatística : O Porto venceu 5 dos últimos 6 jogos contra o Benfica, mas o importante é ganhar o próximo ! :)))
    .

    ResponderEliminar
  13. Cantinhodacasa
    São duas personagens reais e de que todos os daquele tempo se lembram bem ! Eram conhecidos por todos, precisamente pelas linguagem que era mesmo aquela.
    A da peixeira ainda vá lá, mas a do padre escandalizava todos menos a ele próprio ! :)))

    Obrigado ! Bjs e bom fim de semana ! :))
    .

    ResponderEliminar
  14. Nina
    Eu acho que poderão servir para o Diogo ! :)

    Bom fim de semana também, Nina .
    A Lena agradece e retribui !
    .

    ResponderEliminar
  15. Respondi à chamada e vim ler este delicioso relato, Rui.
    Claro que me faz lembrar outros domingos e outros Porto Benfica. Recordei mesmo um episódio que, para não ocupar demasiado espaço aqui, vou relatar um dia destes no On the rocks.
    Obrigado por estas memórias
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Carlos Barbosa de Oliveira
    Olá amigo Carlos ! Eu é que lhe estou grato pelo uso que deu àqueles 2 links ! :))
    Essas “memórias”, como bem lhes chamou, foram escritas com os olhos embaciados pela emoção que senti ao escrevê-las, ao recordar aqueles bons velhos tempos do passado, em que os filhos eram miúdos e os belos momentos que eu passava com eles nessas tardes !
    Obrigado, agradeço-lhe eu, por mo fazer recordar de novo !

    Um grande abraço !
    .

    ResponderEliminar