13/06/2011

ESTILOS ARQUITECTÓNICOS

Re-editado

Trata-se do Parthenon, na Grácia e das "colunas dóricas" !
Quanto à origem mais remota das colunas dóricas falaremos mais abaixo.


A FATIMA, a NINA e a SONHADORA responderam certo ao nome do Templo
e das Colunas.

À FATIMA, como professora de História e muito amiga, grato pela excelente lição de história que nos proporcionou, fornecendo dados muito curiosos que eu desconhecia.

Já tinha lido muito sobre o assunto, antes e também após a sua 1ª intervenção, (nos comentários) que me conduziram a factos curiosos de antigas civilizações.

Os seus últimos comentários vieram ao encontro da versão de que eu dispunha ao postar sobre este assunto (ver abaixo) e tiveram o condão de me desfazer algumas dúvidas e complementar o que já considerava como mais provável, relativamente à origem do estilo (ordem) dórico. Obrigado Fatima !

Á NINA, o meu agradecimento pela sua habitual disponibilidade para colaborar sempre com a máxima dedicação, imprimindo um fantástico ritmo a este blog que muito lhe deve (ele e todos nós) por isso.
Obrigado Nina !

Não tenho qualquer dúvida que este foi o post que mais trabalho me deu ! :))

Obrigado ainda a todos os que intervieram !


Resolução :

Pesquisando "Templos acabados em 438 AC", chegamos facilmente ao Templo grego Parthenon, dedicado à Deusa grega Athena .

Vendo agora quais os seus principais tipos de colunas, encontramos as colunas da "ordem dórica", dos povos dóricos, da própria ex futura Grécia, portanto.

Pretendi saber qual teria sido a antiga civilização que lhes tenha dado origem,
já que dos povos dóricos não são conhecidos grandes factos civilizacionais.

Sinceramente encontrei muitas dificuldades, com informações cruzadas e a maior parte das informações levavam, entre várias outras, à própria Grécia.

Li entretanto, que já haveria sinais dessas colunas, com datas muito anteriores, em cerca de 1000 anos.

............................................................................................

Dos elementos de que eu dispunha antes da explicação da Fátima :

Experimentando no Google :

"Greeks borrowed Doric columns from", somos conduzidos aos Egípcios !

http://chestofbooks.com/architecture/Cyclopedia-Carpentry-Building-7-10/The-Doric-Order.html

"The Doric Order"
"We find in Egypt, at the catacombs of Beni-Hassan, the rough, primitive type of the Doric Order; and it may be from here that the Greeks received their inspiration."
.


INICIAL :

No ano de 480 AC foi acabado um Templo, algures neste planeta.

As suas colunas são de um determinado estilo arquitectónico que não é originário desse país, como erradamente se possa concluir ( e aqui reside a dificuldade) mas que já existia há uns 1200 a 1500 anos numa outra civilização.

Qual a civilização antiga que lhes deu origem ?

.
Grau: Talvez mais difícil que o que possa parecer (e possibilidade de ter que usar a língua inglesa).

46 comentários :

  1. Teresa Hoffbauer13/6/11 14:24

    Estou com um pé fora de casa, quando voltar, vou confirmar a minha suspeita nos meus inúmeros livros sobre ESTILOS ARQUITECTÓNICOS em alemão.

    EMATEJOCA AZUL

    ResponderEliminar
  2. Teresa Hoffbauer (ematejoca azul)13/6/11 14:27

    Olhei mais uma vez: eu cá não tenho uma suspeita, eu tenho uma certeza

    ResponderEliminar
  3. Ematejoca
    Aparentemente até é muito fácil ! Onde teve origem o estilo arquitectónico das colunas que fazem parte do dito Templo ?
    Elementar ! ... :))
    Andem depressa que a Té tem uma biblioteca invejável ! :))
    .

    ResponderEliminar
  4. Fatima
    Bora lá, Fá ! ... Isto (também) é História ! :))
    Beijo
    .

    ResponderEliminar
  5. É para responder direto ou dar dicas?

    ResponderEliminar
  6. (estive aqui à janela mas fechei as persianas... não vá alguém espreitar-me...)

    ;)

    ResponderEliminar
  7. Fatima
    Como habitualmente, seria melhor com dicas que eu entendesse, mas os outros não, mas se não for possível, diz lá !
    Aproveita, que a ematejoca está fora de casa e o opps!!! está distraído ! :)))
    .

    ResponderEliminar
  8. oops!!!
    Claro ! ... assim não há copianço ! :)))
    .

    ResponderEliminar
  9. A arquitetura grega sofreu influencia oriental trazida pelos hititas e fenícios.
    O templo em questão foi dedicado à deusa grega Atena.
    Estou indo pelo caminho certo?
    Só para constar: sou péssima em dar dicas difíceis.

    ResponderEliminar
  10. Ou tem a ver com o filho de Davi, aquele da biblia?

    ResponderEliminar
  11. Fatima
    Entende-se que o Templo é esse ! Certo ! :))
    A resposta normalmente esperada para a questão posta (sem tantos avisos) seria : Civilização Grega, como muitos julgam, o que não seria verdade. Na realidade a civilização grega sofreu imensas influências de outras, anteriores, embora tenha ficado a ideia de que eram de sua origem.
    São imensas as civilizações anterior à grega e "segundo os dados de que disponho" para esta questão, não se trata da civilização Hitita, nem Fenícia, assim como também não da época dessa personagem biblica.

    Finícia - Líbano, Síria, Israel,
    Hitita -Anatólia (Turquia) e N e W da Mesopotâmia, até à Palestina
    Davi ou David - Israel

    Em termos cronológicos não andará longe, como tinha dito: perto de 2 milénios AC.
    .

    ResponderEliminar
  12. Estilos arquitectónicos, gosto.:))
    Mas hoje acho que não me vou intrometer.:)
    bji

    ResponderEliminar
  13. Não consigo ficar de fora. Lembro-me ainda muito bem de ter estudado as colunas dóricas e jónicas. Deixa-me lá ler melhor o que pretendes.:))

    ResponderEliminar
  14. Já encontrei esta coluna que é de estilo dórico. Qual a civilização antiga que lhe deu origem não faço ideia.
    Fica o desafio para os mais letrados no assunto.

    ResponderEliminar
  15. A Nina vai já pôr tudo em pratos limpos.

    ResponderEliminar
  16. Não sei se vou, Sonhadora.
    Para além de ter pouco tempo (os miúdos estão a ver o Clube dos Poetas Mortos e a aula termina as 18.30), para já ainda só sorrio ao relembrar as aulas de História da Arte.:))
    Como o nosso amigo já aqui disse que a informação poderia não se encontrar em sítios lusos, fui para os franceses, já que inglês não é comigo.:)
    O templo vi logo qual era, assim como a ordem, mas saber estava convencida que era de origem grega e até já li que tb era romana.
    Vou ler mais um pouco.:)
    bji

    ResponderEliminar
  17. E pronto.
    Termina aqui a leitura. As coisas que se aprendem e/ou se recordam fazem valer a pena este tempo.
    Isto para dizer que, embora não tenha descoberto e já não possa cá voltar tão cedo, a pesquisa até à espiritualidade egípcia me levou.:)

    bji

    ResponderEliminar
  18. Nina
    Desta vez é complicado, Nina ! O assunto (final) poderá ser polémico. :))
    Sabes que nunca coloquei um post que me desse tanto trabalho de pesquisa e confirmações ? ... :)))
    Não foi nada fácil e mesmo assim considero polémico.
    A própria net pode baralhar-nos ! rsrs
    Para já ... considero certo o Templo e as Colunas.
    .

    ResponderEliminar
  19. Sonhadora
    Claro que para chegares às colunas tiveste que saber de que Templo se tratava. :)
    .

    ResponderEliminar
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  21. Cheguei a casa há minutos atrás. Estou à espera do piolhito e enquanto leio sobre o assunto. Neste momento, estou num site francês que dá como certa a civilização etrusca, mas as contradições são tantas, que só estou a ler porque me agrada o assunto.
    Imagino que te deve ter dado uma trabalheira imensa!:)

    ResponderEliminar
  22. Rui. Passei aqui para te dar os parabéns pela tua perspicácia lá no meu estaminé. :)))))

    ResponderEliminar
  23. E agora a menção à civilização minoica.:))
    A net é fantástica.

    ResponderEliminar
  24. Civilização Cretense também conhecida como Civilização Minoica.
    Demorei mais voltei!

    ResponderEliminar
  25. Teresa Hoffbauer (ematejoca azul)13/6/11 20:33

    Cheguei agora a casa e sem tempo de ler os comentários, quero ver o meu "Krimi", que encontrei esta coluna entre as "Klassische Säule".

    Volto já!

    ResponderEliminar
  26. O termo Minoico foi criado pelo arqueólogo inglês Sir Arthur Evans do rei mítico Minos, associado ao labirinto, que Evans identificou como sendo o sítio de Cnossos. É possível, embora incerto, que Minos fosse um termo usado para identificar um governante minoico específico.

    ResponderEliminar
  27. (Hummm... não percebo onde possa haver polémica... é um facto... e não é só na arquitectura... e o Rui sabe... mas pronto... haja pelo menos quem tenha cada vez mais dificuldade em me perceber...)

    ;)

    ResponderEliminar
  28. É um facto que a arte grega provém da minóica, mas há tantas informações cruzadas pelo meio...

    Eu continuo a apostar, mesmo assim.
    Venha a resposta final, de alguém mais sabedor.
    Por hoje, despeço-me.:))

    beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Porem podemos encontrar influência egípcia na arquitetura do templo.
    Foi observado que, tanto quanto Heródoto e seus contemporâneos estão em causa, sem escultura grega de significado foi criado antes do século 7 º 2, até do Oriente Próximo, especialmente do Egito, a influência começou um período de emulação na Grécia comumente referido como o ORIENTALIZANTE período, ou proto-Período Arcaico (c. 7 º século aC). Along those lines, many ancient sources wrote of an Egyptian likeness in Archaic Greek statuary. Ao longo daquelas linhas, muitas fontes antigas escreveu de uma semelhança egípcio arcaico estatuária grega. Diodorus Siculus (active c. 60-30 BCE ) states in his Library of History that Egypt's ancient statuary is "identical in form ( rhythmos ) to those later wrought by Daedalos amongst the Greeks." 3 Along those lines, Diodorus also relates the story of Theodorus 4 and Telekles, the sons of Rhoikos and "most renowned of the ancient sculptors," who are said to have spent time in Egypt. Diodoro Sículo (c. 60-30 aC ativa) afirma em sua Biblioteca de História da estatuária antiga que o Egito é "idêntica em forma (rhythmos) para os que foram posteriormente operada por Dédalos entre os gregos." 3 Ao longo daquelas linhas, Diodoro também se relaciona com a história de Theodorus 4 e Telekles, os filhos de Rhoikos e "mais famoso dos escultores antigos", que dizem ter passado algum tempo no Egito.

    ResponderEliminar
  30. "Os primeiros vestígios conhecidos da arquitetura grega, a escultura grega, arte decorativa e grego são copiados a partir de fontes egípcias ...

    Em Micenas, perto da entrada para o Tesouro de Atreu, lá está a base e parte do eixo de uma coluna decorada com um ornamento em espiral, que aqui faz sua primeira aparição em solo grego. Esta espiral (apesar de nunca ter alcançado a popularidade universal do meandro, ou "padrão chave" ou de "padrão de madressilva" misnamed) tornou-se em tempos históricos, um motivo de ações do projeto Helénica, e todos os três padrões, a espiral, o meandro , e da madressilva, têm sido considerados como invenções puramente grego. Mas todos eles foram pintados nos tetos das tumbas Beni-Hasan completa 1200 anos antes de uma pedra do Tesouro de Micenas ou Orchomenos foi cortada da pedreira. A espiral, quer na sua forma mais simples, ou em combinação com a roseta ou lótus, é um design egípcio. A roseta é egípcia, e da madressilva, que o Sr. Petrie foi identificado como uma variedade florida do padrão de lótus, também é nitidamente egípcia.

    A escola histórica da arquitetura grega começa em Corinto, com os restos de um templo dórico datando de 650 aC, e esta ruína se acredita ser o mais antigo na Grécia. Em sua extrema simplicidade de estilo e força deselegante de suas proporções, é impossível não reconhecer uma relação estreita, mas desajeitado para modelos egípcios. Ferguson afirma corajosamente, aliás, que esta estrutura é "indubitavelmente copiado" do varandas pilares de Beni-Hasan.

    A coluna do templo de Corinto é idêntico em design e proporções com as colunas de Beni-Hasan ... mas se mais nobre ou inferior, liso ou decorado, o princípio essencial da ordem dórica é egípcio até o fim. "


    Source(s): Fonte (s):
    http://digital.lib.upenn.edu/women/edwar… http://digital.lib.upenn.edu/women/edwar ..

    ResponderEliminar
  31. Acabei!!!!
    Bjs e vou ficar esperando se Nacib dar a palavra final.

    ResponderEliminar
  32. Nina
    O que eu já li hoje sobre o assunto, Nina ! :)) ... e é verdade, a certa altura, embalados, já estamos a ler muito para além do necessário !
    O problema é esse das informações que se cruzam e nos baralham !
    A net é de facto fantástica !... e não se pára de ler e ler e ler ! :))

    ... e lá está - a arte Grega a nascer de “si própria" : minóica, dórica, ... !
    .

    ResponderEliminar
  33. L.O.L.
    Obrigado, LOL, mas das 3 intervenções estava 100% certo que estavam certas, só que não era exactamente isso que se pretendia, até chegar lá ! :))
    .

    ResponderEliminar
  34. ematejoca
    Está a ser um dia em cheio, Té ! Vale a pena ler os comentários de ponta a ponta ! :))
    .

    ResponderEliminar
  35. oops!!!
    Como já disse, oops!!!, nunca um post me deu tanto trabalho pelas informações cruzadas e algumas vezes contraditórias que encontrei. Daí, o ser muito difícil ter certezas !
    .

    ResponderEliminar
  36. Fatima
    Nem vou comentar, Fá ! :))
    Vou-me deliciar a “estudar” e aproveitar a tua aula ! Quem sou eu para comentar o que escreves ? ... :))
    Só dizer-te que fiquei muito “aliviado” ao chegar ao Egipto, às suas influência na arquitectura grega e às colunas de Beni-Hasan, rematando :
    A coluna do templo de Corinto é idêntico em design e proporções com as colunas de Beni-Hasan ... mas se mais nobre ou inferior, liso ou decorado, o princípio essencial da ordem dórica é egípcio até ao fim. " !!! :)))

    Obrigado e Beijo Grande !
    .

    ResponderEliminar
  37. Foi um prazer seu Nacib!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  38. Agora percebo por que razão a pesquisa do fim de tarde me levou à espiritualidade egípcia.:))

    Foi num link francês. Se lá tivesse continuado, certamente me teria dado a certeza.
    Foi muito giro este desafio.
    Obrigada, Fá!:))

    bji aos 2

    ResponderEliminar
  39. P.S: obrigada pelas palavras que me teces na re-edição.:)))

    ResponderEliminar
  40. Ah...esqueci-me de dizer que, graças à aula da Fá, poderei, hoje, ensinar uma colega sua de História, que, tal como eu,achava que as colunas dóricas eram de origem grega.:))

    ResponderEliminar
  41. Fatima
    Estou muito grato, Fá. Foi aula de nota 10 !
    Música para os meus ouvidos ! :))
    Bjs
    .

    ResponderEliminar
  42. Nina
    Quando falaste em “espiritualidade egípcia” cheguei a pensar que pudesse ser uma dica ! ...
    As palavras são justas. Quando não estás “isto” morre um pedaço ! :))
    Essa questão da origem era a grande dificuldade do post por haver essa ideia feita. Colunas dóricas, sendo os dóricos da própria Grécia (Esparta) !
    .

    ResponderEliminar
  43. Não há nenhum livro de Filosofia Grega, onde não apareçam estas colunas clássicas.

    Foi uma excelente escolha, mas, para mim, no dia errado.

    ResponderEliminar
  44. ematejoca
    Exactamente ! A ideia foi essa ! De um modo generalizado elas são (erradamente) gregas !
    Foi pena não poderes ter estado por aqui ! :))
    Acho que foi um dia "produtivo" !
    .

    ResponderEliminar