07/04/2010

SELO COMENTARISTA EXCELENTE

.

Recebi este selo de "Comentarista Excelente" da minha Amiga Regina Rozenbaum, do Blog “Tô Fora Tô Dentro”, que visa distinguir os comentaristas que, não apenas pela assiduidade e cuidado dos seus comentários, principalmente incentivam com eles, a uma troca de impressões salutar, uma empatia criada entre quem escreve e aqueles que lêem e que "alimenta", muitas vezes, um texto para além do seu derradeiro ponto final.

Certamente não serei merecedor, mas não poderia recusar.
Como habitual neste tipo de selos, existem regras, que começam por fazer referência a quem nos homenageou e indicar alguns blogues, cujos autores merecem de igual forma a distinção de comentaristas excelentes.

Então, também para aqueles que me ajudam tanto, ...
Sintam-se à vontade para aceitar ou não, ok ?


http://garotapontode.blogspot.com/

http://doce-ou-travessura.blogspot.com/

http://cantinhodacasa.blogs.sapo.pt/

http://swt-sulada.blogspot.com/

http://lerougeetnoir.blogspot.com/

http://pequenoquiproquo.blogspot.com/

http://leitanita.blogspot.com/

http://lis-costa.blogspot.com/

http://temposvontades.blogspot.com/

http://coisasdacleo.wordpress.com/

http://chepelechepele.blogspot.com/

http://vivereafinaroinstrumento.blogspot.com/
.

28 comentários :

  1. agradeço-te em nome do Chépélé mas ou sou apenas um comentador.
    quando for comentarista venho busca-lo :D

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigada pelo carinho da lembrança meu querido.
    Agora me responde uma coisa,
    estamos ensaiando uma música tradicional de Portugal no coral que participo aqui na cidade: "Não tragais borzeguis pretos."
    Já pesquisei e não consegui ainda saber pq não se podia usar sapatos pretos na corte. Vc sabe?
    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. :O

    Se aqui o autor do blog não se acha merecedor de tal miminho, eu também não acho... Mas obvio que (além de ter gostado) o aceito! =)

    Muito obrigada! =)

    E não, não foi de Esposende :p Só se tivesse sido o jantar :D

    ResponderEliminar
  4. Achamos merecido...
    Mais vale selo que parecê-lo...

    ResponderEliminar
  5. Isto está a ficar tipo quintal, já andamos a oferecer selos uns aos outros, recebi um do Miguel(O lado B da Vida) e agora outro seu, não é por nada, mas se continuarmos assim, daqui a nada não se vêem os blogues, só os selos ;D LOL
    Por acaso ainda andava a pensar onde enfiar o outro, mas agora tenho a certeza, agradeço imenso, mas vou guardá-los numa gaveta cá de casa ;)))
    Agora falando(como o Rui me pediu)tu cá, tu lá :)) Rui não me leves a mal, falo na brincadeira, mas agradeço na mesma e como já deves ter notado, tenho certas manias e esta de não colar selos, não é por ser, mal agradecida, só que até me sinto mal por me darem coisas, sem ter feito nenhum esforço para as merecer, novamente obrigada e
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Rui.
    Não me acho merecedora mas aceito com carinho!

    Quanto ao vinho queria explicar 3 pequenos detalhes. O meu pai é de Bucelas (logo desde criança a relação com o vinho foi uma constante). Em adulta tenho participado activamente em muitos "eventos" relacionados com o tema. E last but not least a familia adquirida é de Monção, há 20 anos que lido com eles! Por isso...

    ResponderEliminar
  7. Ora que bem! Gostei disto! E, no meu caso, o te referires a mim, acho super merecido!!! eheheheheh Eu esforço-me...

    ResponderEliminar
  8. Eu sou a maior coleccionadora de selos lá de casa, mas sinceramente não sei o que fazer com este... De qualquer das formas muito obrigado Rui e Regina. Adoro o nome tô fora tô dentro ;D

    ResponderEliminar
  9. Parabéns pelo prémio e agradeço a lembrança! Publico um dia destes. :)

    Beijoca!

    ResponderEliminar
  10. Olá Rui, amigo!
    Os meus parabéns porque embora diga que não é merecedor, o trabalho aqui é do melhor. O espaço dá-nos o prazer de ler temas interessantes e variados, acrescento a simpatia com a que a todos nos brinda.
    Sempre presente com a sua simpatia.
    Kandandos

    ResponderEliminar
  11. Rui desta vez, para lhe agradecer, também deixei uma oferta no meu blogue para si.
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  12. Vicio
    O nome dado ao selo não foi o mais feliz, concordo. :))
    .

    ResponderEliminar
  13. Fatima
    Prometo procurar, mas parece-me que a razão é esta:
    a “corte” era muito ciosa das “suas aparências” nobres.
    As senhoras nobres, usavam sapatos pretos e frequentemente esses sapatos com meias pretas e vestidos brancos e sentiam que seria uma afronta para elas, que qualquer outra senhora não pertencente à sua classe social, de visita aos seus salões, as pretendessem imitar no seu vestuário.
    (vou tentar aprofundar)
    Beijão grande, minha amiga.
    .

    ResponderEliminar
  14. Cleo
    Não sei se preferias Esposende ou jantar.... J))
    Bjs.
    .

    ResponderEliminar
  15. Isa
    Sinceramente, também fico um pouco “embaraçado” com estas situações, mas uma vez metido “nelas”, não podia deixar de considerar o “Doce-ou-Travessura” (era imperioso)!
    E as tuas intervenções têm sido muito motivadoras.
    Outro, Isa !
    .

    ResponderEliminar
  16. Leitanita
    Vinho – foi uma das coisas (conhecimentos) a que me dediquei durante os últimos anos. Ultimamente deixei de acompanhar. Escrevia muito num forum de Vinhos (www.novacritica-vinho.com), até Setº 08.
    Li com muita atenção o teu post sobre o Carmenére do Chile, quando postado e deu para notar que eras pessoa interessada nessas coisas.
    Arinto de Bucelas, um dos meus preferidos. Eventos, também eu estive em muitos, aqui pelo Porto (Essência do Vinho, jantares vínicos, provas semanais comentadas (uns 400 vinhos por ano), cursos de prova e de defeitos, visitas a produtores, etc..
    .

    ResponderEliminar
  17. Swt
    Não tenho a mínima dúvida que eras merecedora. J))
    .

    ResponderEliminar
  18. Marota
    A Rê é uma doçura. Vale a pena acompanhar. ;))
    .

    ResponderEliminar
  19. Teté
    Obrigado pela tua colaboração.
    Outra para ti.
    .

    ResponderEliminar
  20. Kimbanda
    O meu amigo seria um dos que eu tinha seleccionado, mas reparei que o tinha recebido em duplicado, um deles juntamente com o meu. Daí e só por isso, não lho ter enviado.
    Em termos de simpatia, meu caro Kimbanda, não há neste meio, quem o supere ! Eu não lhe chego aos calcanhares.
    .

    ResponderEliminar
  21. Isa
    Que “Mãos largas”, minha amiga !
    Era o meu sonho desde miúdo!
    Já fui agradecer a “Travessura Doce” .
    rsrsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  22. Rui obviamente um abraço de agradecimento. E parabens a todos os outros premiados. E se tentássemos mudar o Mundo ?! :) Seria tão bom !

    ResponderEliminar
  23. Ricardo
    Deve ser um bocado difícil ! :))
    Se estiver ao meu alcance, prometo que tentarei.
    Os chineses dizem que se pode deitar abaixo uma montanha. Basta ir lá trazer um balde de terra, depois outro, depois outro, pedir aos amigos para fazerem o mesmo e que estes peçam também aos seus amigos e assim sucessivamente.
    Demora, mas um dia a montanha deixará de se ver.
    :))
    .

    ResponderEliminar
  24. Oh Rui o balde de terra tapa a montanha mas fica outra ainda maior...

    ResponderEliminar
  25. Oi Rui
    Agradeço sua solidariedade, seu carinho pelo que estamos passando com a tempestade de chuva e vento que assolou a cidade( que por sinal nunca está preparada ).
    Estamos distantes , mas somos irmãos, de pátrias amigas , de amizades construidas e isso é muito importante , receber o seu carinho, sua preocupação.
    Moro longe das encostas, sem o perigo de avalanches de terra e pedras. Ficamos meio ilhados porque sem luz e água nao temos muito o que fazer, até sem notícias porque os telefones ficam mudos também. E sofremos pelas vítimas, casas destruidas , vidas interrompidas , uma calamidade . Muitos aqui moram em encostas, é normal devido a geografia de montanhas e morros que são habitados indevidamente e com sérios riscos.
    Quase todos os morros do Rio foram se acomodando com pessoas que vinham de outras cidades a procura de trabalho, quase não tem cariocas natos, a maioria são nordestinos que sofrem com a seca e mudam pro centros urbanos. Só temos um morro legitimamente carioca tipo gueto mesmo que é o morro da Mangueira, os outros quase nenhum carioca. E eles foram chegando e contruindo desordenadamente e o poder público deixando, hoje pouco pode ser feito.
    Sofri sem água e luz mas isso não representa nada perto dos que perderam a vida e seus pertences. Esperamos que esteja passando e o sol retorne rápido, se possivel sem muito calor pra nao criar outras tempestades no ceú,
    meus abraços, desculpe a carta rsrs
    volto depois e obrigada pelo selinho, vou levar sim, sem as regras rs
    abrços

    ResponderEliminar
  26. Leitanita
    Se cada um despejar o balde de terra que traz, em zonas muito mais baixas e dispersas, não se formam novas montanhas e a inicial desaparece. :))
    .

    ResponderEliminar
  27. Lis
    Ainda bem se está tudo bem por Niterói e as coisas já vão melhorando no Rio, evidentemente não resolvendo as fatalidades que aconteceram.
    Quando aqui tivemos o problema parecido na Ilha da Madeira, julgavamos que tinha sido o pior possível, mas não se comparou ao Rio, pelo menos em mortes.
    Um beijo solidário, minha amiga.
    .

    ResponderEliminar