21/02/2011

UMA MULHER DO "POVO"

Re-editado

A Rosa dos Ventos, a Luisa e a Sonhadora, reconheceram-na rapidamente.
A São, já com algumas dicas também a veio a reconhecer.

Rosa Ramalho nasceu em 1888 e faleceu em 1977, em Barcelos.
Ver este link (com algumas obras)

Filha de um sapateiro e de uma tecedeira, casou-se aos 18 anos com um moleiro e teve sete filhos.
Aprendeu a trabalhar o barro desde muito nova, mas interrompeu a actividade durante cerca de 50 anos para cuidar da família.
Só após a morte do marido, e já com 68 anos de idade, retomou o trabalho com o barro e começou a criar as figuras que a tornaram famosa.
As suas peças simultaneamente dramáticas e fantasistas, de uma imaginação prodigiosa, surrealistas, distinguiam-na de outros barristas e oleiros e proporcionaram-lhe uma fama que ultrapassou fronteiras.

Foi a primeira barrista a ser conhecida individualmente pelo próprio nome e teve o reconhecimento, entre outros, da Presidência da República, que em 1980 lhe atribuiu o grau de Dama da Ordem de Sant'Iago da Espada.
Em 1968 tinha-lhe sido também entregue a medalha "As Artes ao Serviço da Nação".

Sobre a artista há um livro de Mário Cláudio (Rosa, de 1988, integrado na Trilogia da mão) e uma curta-metragem documental de Nuno Paulo Bouça (À volta de Rosa Ramalho, de 1996). Actualmente dá nome a uma rua da cidade de Barcelos e a uma escola EB 2,3 da freguesia de Barcelinhos. Há também a possibilidade de que se venha a transformar a sua antiga oficina, em São Martinho de Galegos, num museu de olaria com o seu nome.









O seu trabalho é continuado actualmente pela neta Júlia Ramalho.
Aqui (da neta) um dragão com 2 cabeças e asas de águia (a mesma escola surrealista).





Inicial:.

SABEM QUEM ?


.

40 comentários :

  1. Não faço a mínima ideia e hoje não posso pesquisar, mas sorri ao olhá-la por me fazer lembrar as velhinhas da minha terra.
    O que estará por detrás desta senhora, para merecer tal destaque?:)

    bji

    ResponderEliminar
  2. Não sei, mas deve ser de algum filme português antigo.

    ResponderEliminar
  3. Penso que sei!
    Vou investigar...

    ResponderEliminar
  4. É mesmo e deixou descendência... :-))
    E ainda bem!
    É uma mulher do Norte e isto diz tudo!

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Tenho uma peça dela. A sua neta foi uma boa seguidora.

    É Rosa, mas não é dos Ventos

    ResponderEliminar
  6. O que mais gosto é de ver umas rosas adornadas com uns verdes ramalhos.

    ResponderEliminar
  7. Sabe uma coisa Rui: O meu jardim para retemperar forças também tem um roseiral magnífico.

    ResponderEliminar
  8. Não. Não sei.

    Mas sei é que a velhice é apenas um sitio belo onde a juventude se escondeu...

    (ás vezes até digo coisas munitas!)

    ;)

    ResponderEliminar
  9. Não conheço esta Senhora. Talvez numa outra foto em que ela era jovem...

    ResponderEliminar
  10. Todas/os
    Ena !!! ... tantas “dicas” !!! :)))
    Não posso acrescentar mais ! rsrs
    .

    ResponderEliminar
  11. ematejoca
    Não sei com que idade foste para Düsseldorf, mas esta senhora é conhecida de Portugal inteiro, pelo menos ! :)
    .

    ResponderEliminar
  12. Nina
    Ela “era como as velhinhas da tua terra “. Podes crer que há e não pouco.
    Até o Estado português se pronunciou ! :)
    .

    ResponderEliminar
  13. Sonhadora
    ... do séc. passado ! rsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  14. Pois esta Rosa dos Ventos ...que não é Rosa é uma desajeitada! :-))

    ResponderEliminar
  15. Rosa dos Ventos
    Ó Rosa, ó que linda Roooosa !, .... :)))
    .

    ResponderEliminar
  16. Catarina
    Como disse para Düsseldorf, digo para Toronto ! Não foste para aí muito pequena ?... ou sim ?...
    Esta senhora é conhecida de Portugal inteiro, pelo menos ! :)
    .

    ResponderEliminar
  17. Luisa
    Em DVD ou ainda em cassete, Luisa ? ...
    A neta segue-lhe as pisadas ! rsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  18. Sonhadora
    Roseirais, ramalhetes, jardins, adornos, ... muito florida ! :)) ... (Arrábida à vista ! )
    rsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  19. oops!!!
    “a velhice é apenas um sitio belo onde a juventude se escondeu...”
    Buito munito , oops!!! ... Esta é de antologia !!! ... Genial ! :)
    .

    ResponderEliminar
  20. Castanheira de Pera
    Se fosse uma foto dela em jovem, garanto-lhe que não a conhecia ! :))
    Citando o oops!!! ... neste caso a velhice, além de lhe esconder a juventude, teve o condão de nos revelar outras facetas ! :))
    .

    ResponderEliminar
  21. Rosa dos Ventos

    Ó Rosa que não és Rosa,
    ó Bica que não és Bica.
    Pode ser q'uma outra Rosa
    Seja aqui uma outra dica!
    .

    ResponderEliminar
  22. Devo andar muito distraída, pois nunca saí do país a não ser de férias e nunca tinha ouvido falar de Rosa Ramalho. Devo ser dos arredores de Portugal... :)))

    ResponderEliminar
  23. Se alguma vez ouvi falar nela, confesso, não me recordo apesar de ter sido muito conhecida. Não é fácil mantermo-nos actualizadas em todas as áreas, principalmente, quando o dia a dia é vivido fora do país. : (

    ResponderEliminar
  24. Teté, já não me sinto tão só!!!! : ))))

    ResponderEliminar
  25. Também não a conheço. Mas quero aproveitar para dizer que a minha avó era uma Senhora assim. Era tão bom adormecer nos braços dela à lareira, coberta com o xaile castanho que ela usava no inverno. Se pudesse virava o tempo. Que saudades da minha avózinha...

    ResponderEliminar
  26. Teté
    É mesmo ! :) Esta senhora foi condecorada com a Ordem de Sant’Iago de Espada em 1980 e em 68, Medalha das Artes ao Serviço da Nação !
    Grande artista surrealista. Lá fora estaria milionária !
    .

    ResponderEliminar
  27. Catarina
    Idem, a resposta à Teté ! :))
    .

    ResponderEliminar
  28. Marota
    Aspas, aspas, dos comentários anteriores.
    Estas senhoras ditas do “povo” são encantadoras e com uma sabedoria e méritos invejáveis !
    Que saudades temos todos, Marota ! ...
    .

    ResponderEliminar
  29. Tb nunca tinha ouvido falar e não possuo nadinha dela.:)
    bji, amigo

    ResponderEliminar
  30. Nina
    É curioso, porque é mesmo muito conhecida ! :))
    Barcelos sempre "deu cartas" na Arte do barro !
    Ela fazia sempre coisas diferentes.
    Era a nossa "Dali" do barro ! rsrsrsrs
    Foi por isso que postei.

    Bjinho
    .

    ResponderEliminar
  31. :(
    De Barcelos só conheço o Galo!:)
    bji, amigo.
    (Mais uma coisa que aqui aprendi)

    ResponderEliminar
  32. Eu creio que ela foi a precursora do actual "galo de Barcelos". Sem ela, não creio que hoje existisse !
    Todos nós vamos aprendendo sempre qualquer coisinha nos blogs dos amigos que seguimos ! :)))
    .

    ResponderEliminar
  33. :):):)
    bji
    (vai lá ver o novo espaço, a ver o que achas-sinceridade:))
    Ah...e vê o mail:)

    ResponderEliminar
  34. Nina
    O teu (vosso) "novo espaço" está fa.bu.lo.so !!! :)))
    Tudo em "pratos-limpos" ! :)) Não há Dali's, mas sim Vladimiros Coxos ! rsrsrs
    Bjs
    .

    ResponderEliminar
  35. [url=http://kaufencialisgenerikade.com/]cialis[/url] cialis rezeptfrei
    [url=http://acquistocialisgenericoit.com/]costo cialis[/url] cialis in farmacia
    [url=http://comprarcialisgenericoes.com/]precio cialis[/url] cialis
    [url=http://achatcialisgeneriquefr.com/]acheter cialis[/url] commander cialis france

    ResponderEliminar
  36. Anónimo5/3/13 09:13

    http://www.msn.com/ - [url=http://www.msn.com/]msn[/url] msn
    msn

    ResponderEliminar