01/02/2011

JARDINS

Re-editado

A Nina brilhou ao acertar com todos os pormenores, deixando "dicas" nas respostas, mas explicando tudo direitinho por mail, para não "descobrir o jogo".
A Rosa dos Ventos acertou também, com algumas hesitaçôes.
Finalmente também o Paulofski conclui que se tratava de Pombal.


Trata-se de um Busto em bronze de Sebastião José de Carvalho e Melo, Conde de Oeiras e mais tarde Marquês de Pombal e 1º Ministro de Portugal, no Séc. XVIII.
O Busto foi o 1º que lhe foi erigido, precisamente em Pombal, no Jardim do Cardal, em 1907.

A imagem é de um postal de que desconheço a data.

Inicial :.
Sabem de qual (onde) se trata ?



.

43 comentários :

  1. Para não dizer que não sei… não digo nada!
    Quando os post saem a esta hora... então já posso ser uma das primeiras a comentar! ... Não que faça uma grande diferença mas sinto que estou em “sintonia” com o autor! ! : )))

    ResponderEliminar
  2. Ora eu aposto na rotunda da boavista , sei que não vou acertar mas pelo menos hoje digo alguma coisa.beijocas

    ResponderEliminar
  3. Lamento meu caro confrade do virtual, mas só poderei aventar a hipótese da fotografia ter sido tirada na primavera.

    (mas o que eu mais gostava antigamente era do verão, mas depois compreendi que desde que haja dinheiro, o verão pode ser a qualquer época do ano. Agora o que eu mais gosto é de dinheiro)

    ResponderEliminar
  4. Olha o Marquês!:)

    (mail)
    beijocas

    ResponderEliminar
  5. Ó amigão, por acaso a menina da foto é tua filhota?
    A foto já tem uns anitos.:)

    ResponderEliminar
  6. Concordo com a Nina. Só não estou a conseguir localizar o local da foto.

    ResponderEliminar
  7. Esta é a estatueta mais antiga de que há memória, Castanheira.
    Talvez ajude.:)

    ResponderEliminar
  8. E, já agora, reparam bem que está bem centrada, sua senhoria.:)

    Amigão, continuo à espera de desafios ligados à literatura ou sobre a minha região.
    (mas não hoje, PLEASE, porque me faltará tempo:))
    Tem um dia lindo!

    ResponderEliminar
  9. Depois das pernas em que só vi uma mochila com uma gata por pessoa, já nem digo nada...eheh

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  10. Catarina
    Pois é Catarina. Os desta hora servem melhor as Américas (Norte e Sul), mas não os portugueses, que a essa hora estão a fazer ó-ó !
    É por isso que a cada passo procedo assim. Para vos dar mais oportunidade (é a tal “sintonia” ! ) Há uma intenção especial ! :))
    .

    ResponderEliminar
  11. Crida
    Não é no Porto ! :)
    Jocas
    .

    ResponderEliminar
  12. Blogaparte
    Certíssimo !... na Primavera ! J)) ... mas podia ser no Natal !... podia ser fotografada quando o Homem quisesse ! J)
    Então, o meu ilustre e admirado Napoleão não reconhece um dos da sua elevada estirpe, também ligado à Nobreza ?...
    Claro que também concordo com as extraordinárias vantagens daquilo que alguns dizem que é vil e que eu não acho nada ! Há lá coisa melhor ? ... :))
    .

    ResponderEliminar
  13. São
    Também não é na cidade do Mondego, mas não será muito, muito distante. Tal como o Sebastião, este apareceu mesmo na terra que o distinguiu, mas desacompanhado e sem pernas, encavalitado no mármore !
    (a Nina compreenderá esta linguagem ! rsrs)
    Bjs
    .

    ResponderEliminar
  14. Nina
    Será ? ... Depois falamos !
    Não ! A miúda e os colegas são – me desconhecidos !
    Levaram-nos lá para verem os animais, mas eles não estavam lá, para decepção da miudagem que teria ouvido falar neles !
    Até porque a esta se seguiram outras mais interessantes !
    Bj
    .

    ResponderEliminar
  15. Castanheira de Pera
    Talvez a resposta ao comentário da São o possa elucidar !
    Como diz a Nina, esta foi a primeira e muito justamente neste local. Outras se seguiram !
    .

    ResponderEliminar
  16. Nina
    Sabes que desafios de literatura com texto original, são imediatamente identificáveis ? É por isso que fujo a eles. :))
    Sobre a tua região, por vezes tem saído um ou outro, mas vou ver.
    Para ti também um belo dia !
    Estás a ficar craque mesmo, nestas coisas ! :))
    .

    ResponderEliminar
  17. Olá maria
    Olha que perder uma batalha não é perder a guerra ! :))
    Ainda estás a tempo de acertar nesta !
    Acho que já há várias dicas ! rsrs
    Bj
    .

    ResponderEliminar
  18. E a minha observação sobre a imagem, não conta?
    Estar bem centrada é de gde importância.:)

    ResponderEliminar
  19. Craque, não. Com mais paciência!:)
    bji

    ResponderEliminar
  20. Pois é, Nina!
    Também eu embarquei duas vezes nessa cena e depois por mail, alguém caridoso (quem seria?) explicou-me como se acede à identificação do texto...
    Por acaso eu acho um desafio engraçado se as pessoas não fizessem batota! :-))

    ResponderEliminar
  21. Só se for mesmo lá na terra que lhe deu o título...
    Será?

    ResponderEliminar
  22. Não percebi o teu comentário, Rosa.
    Ah...
    Referes-te, certamente, aos textos literários.
    Pois...
    Fazer batota tb n é comigo...:)

    ResponderEliminar
  23. Bom, por exclusão de partes e atendendo às dicas espalhadas nos comentários, eu diria que este jardim é em Pombal! Estarei certo!?

    ResponderEliminar
  24. Nina
    Confesso que não entendi essa “observação sobre a imagem”.
    Referes-te a que está no centro de Portugal ? :)) Isso é verdade ! :)
    Estás muito mais aplicada ! :) Trabalhaste muito bem neste enigma ! rsrs
    Bjinho
    .

    ResponderEliminar
  25. Rosa dos Ventos
    Não há hipótese ! Há sempre a tentação de acertar e há sempre quem o faça sem o confessar ! Se houvesse outra hipótese de colocar enigmas sem os textos reais poderia ser interessante, mas estava-se a “mutilar” uma obra. O autor não gostaria ! :))
    Depende se era Conde, era de Oeiras, se Marquês, ... é ! :))
    ... mas está certo !
    A Nina foi mais longe: disse por mail o nome do jardim, nessa terra ! :))
    .

    ResponderEliminar
  26. Nina
    É como a Rosa disse e como eu acrescentei no comentário anterior.
    Se souberes de outros tipos de enigmas literários sem texto, diz, que eu estudo o assunto. rsrs
    .

    ResponderEliminar
  27. Paulofski
    Claro que sim ! Tens o 3º lugar ! :)
    Sebastião José de Carvalho e Melo, Conde de Oeiras e mais tarde Marquês de Pombal .
    Trata-se do jardim de Cardal, em Pombal.
    A Nina explicou tudo, direitinho por mail !
    .

    ResponderEliminar
  28. Boa, Nina!
    Fica muito perto da Igreja de Nossa Senhora do Cardal!

    ResponderEliminar
  29. E se arranjássemos metáforas para se adivinhar o nome de um escritor ou de uma obra?! :-))

    ResponderEliminar
  30. Isso mesmo, amigão.
    Ao dizer "centralizada", referia-me à região Centro.:)

    Obrigada, Rosa.
    A ideia das metáforas é excelente.

    Ruizão, vou estudar uma forma e se conseguir arranjar, digo.:)
    bji aos 2

    ResponderEliminar
  31. Rosa dos Ventos
    Por acaso não conheço a Igreja !
    Acho uma boa ideia, Rosa, mas porque não no teu blog, já que, nessas coisas literárias estás mais habilitada que eu ? Pensa nisso !
    .

    ResponderEliminar
  32. Nina
    Centrada, centro, bem visto ! :))
    Vê então se arranjas alguma coisa. O teu blog não é muito adequado a enigmas. É outro estilo, mas já no da Rosa seria mais interessante !
    Beijinho às duas ! rsrs
    .

    ResponderEliminar
  33. Vou pensar nisso...
    Mas só de pensar já fico cansada! :-))

    ResponderEliminar
  34. Vou pensar na estratégia, mas para as vossas casas (na da Rosa tb se lançam enigmas?:))

    ResponderEliminar
  35. Rosa dos Ventos
    Pensa nisso! Não quer dizer que seja para estes dias. Fica melhor no teu que no meu ! :)))
    Eu irei lá tentar acertar ! rsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  36. Passei pra deixar um bejim pro cê!

    ResponderEliminar
  37. Nina
    Claro que sim, Nina. Não me digas que não conheces o blog da Rosa ! Vai lá ver . O último foi sobre Alcobaça e muito giro.
    .

    ResponderEliminar
  38. Já tentei ir espreitar, esta manhã, mas como tinha muitas imagens e a net de casa está lentíssima, tive que sair.
    Voltarei.:)

    Vai ao cantinho da Sonhadora a ver se a indicação que lhe dei, sobre a forma de esconder a identificação das imagens, é a mais correcta e fácil.
    (vais gostar de sorrir com aqueles senhores, em amena cavaqueira-é uma imagem que não se esquece:))
    bji

    ResponderEliminar
  39. Olá Fatima ! :))
    Tive que saír e só agora cheguei. O teu comentário chegou enquanto estava a responder à Nina e à Rosa e não me apercebi.
    Obrigado por teres vindo. Tenho andado muito ocupado e com falta de tempo para visitar os/as amigos.
    Um beijinho também procê Fatoca linda !
    .

    ResponderEliminar
  40. Nina
    Já lá fui e vi. A tua explicação está bem. Eu sujeri-lhe que fizesse a alteração naquela mesma foto para treinar.
    Sabes que eu não conhecia aquela obra ?...
    Suponho ser uma coisa recente !?
    Está muito curiosa ! :)))
    .

    ResponderEliminar
  41. Não sei a data, mas já deve ter uns anitos, porque a última vez que a vi (são mais do que uma), foi há mais de 2 anos-julgo.:)
    Vale a pena ver.:)
    bji

    ResponderEliminar
  42. Nina
    Obrigado ! Quando passar lá por perto vou dar uma espreitadela ! :)))
    Bjinho

    ResponderEliminar