05/02/2011

NUMA MARÉ DE LITERATURA

Re-editado

Claro que foi muito fácil para o Blogaparte, Rosa dos Ventos e Nina
chegarem rapidamente à solução !

Trata-se de "Os Lusíadas" (a Obra) , de Luis Vaz de Camões (o tipo) , El-Rei D. Sebastião, (o monarca), a Ilha dos Amores (a tal cheia de gajas) .




Há um tipo que pede uma audiência ao seu monarca para lhe contar uma história que mete muita água e muitas personagens, em que se sucedem uma série de situações medonhas e terríveis, mas tudo vai correndo razoavelmente embora com muitos problemas pelo meio, até que, há uma senhora do além, uma amigona, que finalmente lhes dá o prémio que mais ambicionavam, num sítio cheia de gajas !
.
Quem seria o tipo ?

Respondam, p.f. com "dicas" subtis, imaginativas e esclarecedoras para quem sabe e impossíveis de entender por quem não saiba.
.

17 comentários :

  1. Caríssimo Rui, isto é deveras uma epopeia máxima por excelência. Como português, fiquei glorificado.

    ResponderEliminar
  2. Eu ainda diria que fiquei desarmada com semelhante contador de histórias! :-))
    Pode dizer-se que, além de contador de histórias, foi um português daqueles que experimentou de tudo.
    Mas não o julguemos...
    É melhor experimentar a ler o que ele escreve ou escrevia...
    Será que já morreu?!

    ResponderEliminar
  3. É melhor experimentar ler...queria eu dizer!

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Pois eu tenho que reconhecer algum contentamento descontente sempre que estudo este senhor.
    De antíteses a eufemismos, até aos terríveis hipérbatos, tudo fez para baralhar a cabecinha dos meus alunos.
    Poderia ser pior, bem sei.
    Ao menos, em Outubro último, o meu Nando não se meteu em nenhuma escaramuça e, ao contrário de si, veio de lá inteirinho!

    ResponderEliminar
  6. Estudo/ensino, claro:)

    ResponderEliminar
  7. E eu tenho que reconhecer que afinal a Nina também é professora de Português como eu fui!
    Nisto há contentamento! :-))

    ResponderEliminar
  8. :):):)
    Pois, minha querida, mas só há 15 anos e professora aprendiz!:)
    bji

    ResponderEliminar
  9. Somos sempre aprendizes de feiticeiras nesta arte, independentemente da idade e tempo de serviço! :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Blogaparte
    É realmente uma grande epopeia, meu caro amigo ! ... mas para mim foi mais um Cabo das Tormentas, quando me diziam que tinha que ler a 1ªlinha, passar à 4ª, voltar à 2ª, ir depois para a 6ª , para terminar provisoriamente na 3ª e a coisa ainda não ficava por aí !!!... era mesmo uma tarefa de gigante !
    Eu gostava era da parte em que a professora dizia: agora vamos para o canto ! ... Então cantávamos, de cor, uns dez cantigas diferentes ! :)) ... mas enquanto que vós ficastes cliente eu rejeitei !
    Em vez de glorificado, como português, senti-me completamente lixado ! Claro que gostei daquela cantiga nº 9 !!! ...
    .

    ResponderEliminar
  11. Rosa dos Ventos
    Na verdade, verdade, “penso eu de que” ele nem nos deixou muitas histórias, mas esta que ele contou valeu bem por umas dezenas, em todos os aspectos !
    Tive muita pena foi daqueles acidentes de que foi vítima, coitado ! ... mas agora que perguntas se ele já teria morrido (?), nem penses !... este tipo tem 7 foles ! Havemos de ir todos e ele ainda há-de andar por aí a chatear os putos !
    .

    ResponderEliminar
  12. Nina
    Eu até aceito que possas ter sentido um contentamento, mas olha que eu ficava era mais pró descontente !
    Quanto ao resto do teu comentário,... olha que nunca pensei essas coisas vindas de ti ! ... olha: ... vai tu ! ... Agora é que fiquei eu com a cabeça baralhada ! ... e ainda dizes que podia ser pior ?
    .

    ResponderEliminar
  13. Rosa, Nina, Rosa, Nina
    Dão-me licença de interromper a conversa ?... Estão vocês a ver onde me vim eu meter ? :((
    Qualquer dia a "vingança é terrível", mas é com números ! :)))
    Um beijo grande, minhas queridas Amigas !!!
    .

    ResponderEliminar
  14. LOOL!

    Não te queixes! Falei dos recursos expressivos mais fáceis de identificar em Camões lírico e épico, não é verdade Senhor das Guerras e Senhora das Letras?;)

    Então não te lembras que andou o meu Nando por Ceuta e afins? Garanto-te que veio de lá ainda melhor do que quando foi. Já Camões!;)

    Venha daí a vingança. Eu não pescarei nada, mas os dois ilustres senhores...:)
    beijocas

    ResponderEliminar
  15. Perdão,
    mas a Senhora das Letras vem naturalmente antes (é uma senhora, não é?:))

    ResponderEliminar
  16. Nina
    Eu sei ! :))) Esses "recursos expressivos" eram uma grande "seca" ! :))
    Ah ! ... o "podia ser pior" referia-se a Ceuta. Não sabia que o Nando tinha lá estado ! :))
    Exacto ! Prioridade ou "precedências" para as Senhoras ! :)))
    Bjs
    .

    ResponderEliminar