29/08/2010

PARA QUE SERVE - 6 - ?

Re-editado
.
Sabem o que é, para que serve, onde e em que circunstâncias é mais usado ?
Posso adiantar que é curioso ... :))

Acertaram :

A Regina, de "Tô Fora, Tô Dentro" em primeiro lugar e a Mariza de "O Mar e a Brisa do Prazer de Aprender"

Há uma razão fundamental : são brasileiras (vão já saber o que é que isso tem a ver ).




O chimarrão (ou mate) é uma bebida característica da cultura do sul da América do Sul, um hábito legado pelas culturas indígenas quíchuas, aimarás e guaranis. Ainda hoje é hábito fortemente arraigado no Brasil (Paranám Santa Catarina Mato Grosso, Rondônia e Acre e principalmente no Rio Grande do Sul), parte da Bolívia e Chile, Uruguai, Paraguai e Argentina. É composto por uma cuia, uma bomba, erva-mate e água quente.


Como fazê-lo (link) :

O chimarrão é montado com erva-mate, geralmente servido quente de uma infusão. Tem gosto que mistura doce e amargo, dependendo da qualidade da erva-mate, que, pronta para o uso, consiste em folhas e ramos finos (menos de 1,5 mm), secos e triturados, passados em peneira grossa, de cor verde, havendo uma grande variedade de tipos, uns mais finos outros mais encorpados, vendidos a diversos preços.

Um aparato fundamental para o chimarrão é a cuia, vasilha feita do fruto da cuieira, que pode ser simples ou mesmo ricamente lavrada e ornada em ouro, prata e outros metais, com a largura de uma boa caneca e a altura de um copo fundo, no formato de um seio de mulher. Há quem tome chimarrão em outros recipientes, mas a prática é geralmente mal vista.
O outro talher indispensável é a bomba ou bombilha, um canudo de cerca de 6 a 9 milímetros de diâmetro, normalmente feito em prata lavrada e muitas vezes ornado com pedras preciosas, de cerca de 25 centímetros de comprimento em cuja extremidade inferior há uma pequena peneira do tamanho de uma moeda e na extremidade superior uma piteira semelhante a usada para fumar, muitas vezes executada em bom ouro de lei.

O chimarrão pode servir como "bebida comunitária", apesar de alguns aficcionados o tomarem durante todo o dia, mesmo a sós. Embora seja cotidiano o consumo doméstico, principalmente quando a família se reúne, é quase obrigatório quando chegam visitas ou hóspedes. Então assume-se um ar mais cerimonial, embora sem os rigores de cerimónias como a do chá japonês.
A água não pode estar em estado fervente, pois isso queima a erva e modifica seu gosto. Deve apenas esquentar o suficiente para "chiar" na chaleira. Enquanto a água esquenta, o dono (ou dona) da casa prepara o chimarrão.

Há quem diga que isso acaba estabelecendo a hierarquia social dos presentes, mas é unânime o entendimento de que tomar chimarrão é um acto amistoso e agregador entre os que o fazem, comparado muitas vezes com o costume do cachimbo da paz. Enquanto você passa o chimarrão para a próxima bebê-lo, ele vai ficando melhor. Isso é interpretado poeticamente como você desejar algo de bom para a pessoa ao lado e, consequentemente, às outras que também irão beber o chimarrão.

O anfitrião, além de prepará-lo para outras pessoas poderem apreciá-lo, é o primeiro a beber, em sinal de educação, já que o primeiro chimarrão é o mais amargo. Também é de praxe o preparador encher novamente a cuia com água quente (sobre a mesma erva-mate) antes de passar cuia, para as mãos de outra pessoa (ou da pessoa mais proeminente presente), que depois de sugar toda a água, deve também renovar a água antes de passar a cuia ao próximo presente. Não se esqueça de tomar o chimarrão totalmente, fazendo a "cuia roncar". Se considera uma situação desagradável quando o chimarrão é passado adiante sem fazer roncá-lo.

Os 10 mandamentos do Chimarrão (link)

(Texto retirado da Wikipédia)

13 comentários:

  1. Rui, amigo, amado!
    Parece-me com as cuias que os gaúchos tomam sua erva, chimarrão...O chimarrão (ou mate) é uma bebida característica da cultura do sul da América do Sul, um hábito legado pelas culturas indígenas quíchuas, aimarás e guaranis. Ainda hoje é hábito fortemente arraigado no Brasil (Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia, Acre e principalmente Rio Grande do Sul), parte da Bolívia e Chile, Uruguai, Paraguai e Argentina. É composto por uma cuia, uma bomba, erva-mate e água quente.
    Embora a acepção mate seja castelhana, é utilizada popularmente também no Rio Grande do Sul paralelamente com o termo "chimarrão".
    Chimarrão (cimarrón em espanhol) também designa o gado que foge para o mato e torna-se selvagem.
    Será que acertei??? Bom final de semana!
    Beijuuss n.c.

    www.toforatodentro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. É uma bomba e uma cuia de chimarrão.
    Vc coloca o mate de chimarrão e coloca água quente e toma com os amigos.
    momentos raros e prazerosos.

    ResponderEliminar
  3. Nem sei o que é chimarrão! :-((
    Me expliquem, meninas da banda "di" lá do mar, por favor!

    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  4. Para mim parece-me um instrumento musical, estilo "timbales"... parece ! :)

    ResponderEliminar
  5. Todos
    Ao fim do dia responderei aos comentários. Tenho que saír agora mesmo. Até logo e obrigado.
    Um bom Domingo !
    .

    ResponderEliminar
  6. Ai as coisas que o meu amigo nos ensina!;)
    bji, amigão

    ResponderEliminar
  7. Pronto!
    Já sei o que é Chimarrão!
    O que eu aprendo por aqui... :-))

    ResponderEliminar
  8. Olá Rê
    Desta vez vocês, do Brasil, não me deixaram ficar mal. Eu sabia ! :)) ... por isso coloquei o post àquela hora para não apanhar vocês a dormir rsrsrs
    Curioso que, lembro-me de há muitos anos, se tomar em minha casa o “chã mate” como chã normal, durante uns bons anos. Não sei se se tratava da mesma erva do chimarrão (?). Depreendo que sim.
    Beijos minha querida amiga
    .

    ResponderEliminar
  9. Olá Mariza
    Bom ver-te por aqui.
    Como já disse esta foi com “intenção” brasileira ! Hoje, várias pessoas aqui de Portugal ficaram a conhecer essa “cerimónia” tão curiosa da tomada de Chimarrão em grupo :))
    Bjs
    .

    ResponderEliminar
  10. Rosa dos Ventos
    E agora ? ... Interessante, não ? Tipo chã Japonês ou Cachimbo da Paz, Índio ! :)))
    Bjs
    .

    ResponderEliminar
  11. Ricardo Santos
    Nem eu sabia antes de ver a fotografia e de ter tido a curiosidade de saber o que era. Fiquei surpreendido também.
    Objecto esquisito, de verdade !
    Abraço
    .

    ResponderEliminar
  12. Nina
    E as coisas que “vocês” me “obrigam a aprender” ! :)))
    Como professora, sabes que temos que aprender primeiro antes de poder ensinar ! :))
    Eu saio mais rico !
    Beijoca
    .

    ResponderEliminar
  13. Rosa dos Ventos
    Idem, aspas, aspas ! :))
    ... O que eu aprendo comigo !!! rsrsrs
    Também não fazia a menor ideia !
    .

    ResponderEliminar